Roberto Baia

1 de outubro de 2015

Disputa pela OAB

No próximo dia 15 de novembro a Ordem dos Advogados do Brasil – promoverá eleições  para as seccionais (Estadual) e subseções (Municipal) para mais três anos de mandato. A atual presidente da OAB arapiraquense, Claudia Lany, já anunciou o seu apoio para o pré-candidato Claudio Canuto, que oficializará sua candidatura no próximo dia 15 de outubro.

 

Outro nome

O advogado Claudio Canuto deve concorrer com o advogado Hector Martins, que já exerceu a função de Subprocurador Geral do Município de Arapiraca. Ele também foi Membro da Comissão Estadual de Prerrogativa e desempenhou um papel importante para garantir os direitos da classe da região Agreste.

 

Pão de Açúcar

Nesta quinta-feira (1º), por ocasião das festividades de São Francisco de Assis, o padroeiro da COHAB de Pão de Açúcar, o prefeito Jorge Dantas fará a inauguração da obra de ampliação da Unidade Municipal de Ensino Ronalço dos Anjos, na referia localidade.

A escola, que tem como diretora Gianni Fialho, ganhou mais uma sala de aula, construída com recursos do próprio município, para melhor atender a demanda de alunos daquela comunidade.

 

Será à tarde

A inauguração está marcada para as 16 horas e contará com a presença de diversas autoridades e lideranças, além dos funcionários da unidade escolar. O secretário municipal de Educação, Marcos de Assis Mendonça, também se fará presente na solenidade.

 

Programação

A festa do padroeiro São Francisco de Assis, que conta com o apoio da Prefeitura de Pão de Açúcar, terá início no dia 1º e encerramento no dia 4 de outubro. Missas, procissão e shows musicais fazem parte da programação.

 

Artesãos

Em uma iniciativa da Gerência de Design e Artesanato da Secretaria de Estado do Desenvolvimento Econômico e Turismo – Sedetur, em parceria com a Prefeitura de Maragogi, através da Secretaria Municipal de Planejamento e Desenvolvimento Econômico e da Casa do Empreendedor, artesãos locais podem se cadastrar para se oficializarem na profissão, facilitando a comercialização de seus produtos e o acesso a crédito bancário.

 

Atividade forte

A atividade artesanal em Maragogi é considerada forte. Entre os principais itens estão os produzidos com fibra de bananeira. Para a Secretária Municipal de Planejamento e Desenvolvimento Econômico, Aliete Estanislau, o cronograma de ações itinerantes colabora para a regularização e desenvolvimento da atividade, além de permitir que novos profissionais sejam descobertos e possam emitir a primeira via de sua carteira.

 

Alagoana

A escritora alagoana Catarina Muniz marcará presença no próximo sábado, dia 03, na X Bienal Internacional do Livro de Pernambuco, que acontecerá entre os dias 02 e 12 de outubro, no Centro de Convenções de Pernambuco – CECON. Na ocasião, a autora estará autografando o seu segundo livro, o romance de época “A Dama de Papel”, além de participar de um bate-papo com os leitores.

 

 

Romance

“A Dama de Papel”, o segundo romance da autora e o primeiro a ser lançado pela editora paulista Universo dos Livros, deve chegar às livrarias de todo país em novembro. No entanto, quem quiser conhecer um pouco mais do trabalho da escritora, pode acessar sites como Extra.com, Casa Bahia e Ponto Frio e baixar o primeiro capítulo do romance. O livro também já se encontra disponível para a pré-venda nos maiores sites de livrarias do Brasil.

 

 

 

Impostos

Na sessão de terça-feira, 29, o deputado estadual Rodrigo Cunha utilizou a tribuna da Assembleia para questionar as medidas propostas pelo governador Renan Filho que buscam aumentar impostos em todo o estado.

Entre os projetos apresentados pelo governo está o aumento do ICMS para itens que impactam diretamente o cotidiano dos alagoanos, como a gasolina e os serviços de telefonia e internet. “A gasolina vai aumentar e isso vai ter reflexo no trabalho dos taxistas, nos custos das empresas de ônibus e para todos nós”, explica Cunha. 

 

 

… Outras medidas são o aumento do IPVA para carros com motores a partir de 1.0 de potência e de motocicletas a partir de 150 cilindradas, além do reajuste das taxas da fazenda pública estadual que impactam, por exemplo, aqueles alagoanos que precisam regularizar a situação fiscal de suas empresa.

 

… Ainda no pacote do governo, a eliminação do sistema Simples para as micro e pequenas da construção civil no estado pode trazer reflexos imediatos na economia.

 

… “É um retrocesso eliminar o tratamento tributário simplificado para o setor da construção civil. Diante do cenário de crise do país, os pequenos e médios negócios podem ser alternativas de sustento de muitas famílias. Temos sim é que incentivar esses mercado a continuar girando a economia do estado”, afirma o parlamentar.