Flávio Gomes

29 de setembro de 2015

Os nossos deuses

Do jornalista Sandro Vaia: “Se há alguma coisa que a criatura Dilma herdou do criador Lula é uma forma diferenciada de ‘húbris’, que é a definição que os gregos davam ao sentimento de pessoas que não tinham comedimento e passavam dos limites. A húbris de Lula gira em torno da crença de julgar-se ele o criador do céu e da terra, sem cuja augusta presença o Brasil ainda estaria no estágio em que os índios comiam bispos fervidos e amaciados em grandes caldeirões aquecidos a lenha. A húbris de Dilma é um pouco diferente. Ela é apenas a criatura que está livre da fragilidade humana do erro, e além disso concentra em si toda a essência, as virtudes e a representação da própria democracia. Ela é a democracia, enfim. De uns tempos para cá, pra ser mais exato depois da segunda posse, a presidente tem andado às voltas com problemas administrativos, econômicos e políticos dos quais não têm conseguido dar conta. Por conta da farra fiscal do seu próprio mandato anterior, ela se vê obrigada a conviver com a tarefa de consertar o que ela acha que não está errado e isso cria uma realidade esquizoide com a qual a mais sábia das criaturas não conseguiria lidar- quanto mais ela, que não é propriamente um monumento à sabedoria. Se ela acha que fez tudo certo, mas tudo deu errado, como, quando e onde consertar?”

 

Contribuição

 

Se a investigação sobre a queda do helicóptero da Defesa Social, semana passada, precisar de pistas para esclarecer o acidente, que vitimou quatro militares, aqui vai uma: pelo menos uma das vítimas se queixava constantemente a familiares e amigos de problemas na aeronave. E por mais de uma vez ameaçou não embarcar.

 

Pendenga

 

De Renan Filho sobre a polêmica vaga de conselheiro do Tribunal de Contas: “Nós estamos estudando a quem compete a indicação da vaga. Se competir ao governo, eu escolherei o nome; se for do MP de Contas, vou escolher um dos nomes da lista. Não tem tido desgaste neste campo porque eu tenho sido muito franco”.

 

Recado

 

O presidente da FIEA, José Carlos Lyra, discutiu a crise em reunião com o presidente da Confederação Nacional da Indústria, Robson Andrade, e o presidente do Senado, Renan Calheiros. “Fomos mostrar como o aumento de impostos impede o crescimento do Brasil e discutir medidas que façam o País voltar a crescer”, explicou.

 

Vulgarizou

 

A Câmara Municipal de Maceió entregou ontem, a várias pessoas, títulos de Cidadão Honorário e a Comenda Otacílio Holanda. Com todo o respeito, muitos dos que foram homenageados nada fizeram para merecer a distinção. Casos assim tiram o mérito daqueles que já receberam homenagens semelhantes e fizeram por merecê-las.

 

“Lá e lô”

 

Sábado passado, na filiação da senadora Marta Suplicy ao PMDB, quem estava lá era nosso conterrâneo Aldo Rebelo, figurão do PC do B e ministro da Ciência e Tecnologia do governo Dilma. Quem sabe Aldo já não articula espaço numa eventual gestão de Marta na prefeitura de São Paulo. Será que ele acha que Dilma não acaba o mandato?

 

Depende

 

Efeitos da greve de quatro meses na Ufal: o 1º semestre letivo só deve ser retomado na 2ª feira, 5 de outubro; o 2º semestre 2015 só será iniciado em fevereiro de 2016; os aprovados no Enem, agora em outubro, só iniciarão as aulas no segundo semestre do próximo ano. Se até lá, ano de eleição, não houver outra greve, claro.

 

Protesto

Do jornalista Cláudio Humberto Rosa e Silva em sua coluna de ontem, veiculada no site “Diário do Poder”: “O deputado Jair Bolsonaro (PTB-RJ) saiu em defesa de Eduardo Cunha. ‘Quatro delatores não o citaram. Quando um o mencionou, ele foi indiciado. A presidente Dilma foi citada por todos e ninguém faz nada’.”

 

*De Dilma Rousseff: “O governo e a sociedade brasileiros não toleram a corrupção. A democracia brasileira se fortalece quando a autoridade assume o limite da lei como seu próprio limite.” Até parece que ela, o PT e certos aliados não tiveram nada com isso.

*O Grupo de Pesquisa Multiprofissional em Saúde do Idoso, formado por professores e estudantes de enfermagem da Ufal, realiza hoje atividade de lazer para acolhidos do Lar São Francisco de Assis, como parte da Semana Internacional da Pessoa Idosa.

*O “Papel no Varal”, versão “Primavera/ Verão”, anuncia para hoje os músicos Geraldo Benson e Bruno Tenório, com comando de Ricardo Cabus. No conteúdo, Jorge de Lima  Alice Ruiz. No Maikai, às 20 horas. Acesso gratuito. Contato: 8135.5920/ 5964.

*Durante este mês de setembro, o Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos levou até 21 comunidades e bairros de Arapiraca o “Fórum A Favor da Vida”. O ponto alto é hoje, no salão do SCFV, na Vila São José, com um debate sobre drogas.

*O grupo “Amigos pela Fé” iniciou ontem a campanha “Doe um brinquedo e ganhe um abraço”, visando arrecadar brinquedos para distribuir com menores carentes no Dia das Crianças. A ação segue hoje, das 9 às 17 horas, na Praça Marques da Silva.

*Alagoanos no Brasileiro: sábado, Série B, o CRB ganhou do Mogi Mirim (2×1) e pensa no G4; domingo, o ASA, Série C, venceu o Vila Nova (1×0), e se superar o Tupi volta à Série B; o Coruripe perdeu do São Caetano (3×0) e está quase fora da Série D.

 

“O PT celebra um prodígio político”

Ricardo Noblat

Jornalista, ao dizer que o PT é o único partido brasileiro, talvez do mundo, a ter dois ex-tesoureiros condenados por corrupção