Flávio Gomes

23 de setembro de 2015

O Plano D de Deseducação

De Ruth de Aquino, em “Época”: “… O governo não tem Plano B para o ajuste. Faz sentido. Nunca teve Plano A, nem Plano X Y Z. Sempre teve o Plano D, de Dilma. E foi o que levou à falência nosso sonho de desenvolvimento responsável. Nem me refiro hoje a falência econômica. Passo a palavra a outro ministro, o da Educação, Renato Janine Ribeiro. ‘Queremos que todos saibam do drama. É inaceitável em termos sociais’, disse Janine. Drama social? Depois de quase 13 anos de governo do Partido dos Trabalhadores, com o pai dos pobres e a mãe do PAC? O drama da deseducação não foi criado ontem. Não foi provocado pelos Estados Unidos, pela Europa ou pela China. Na ‘pátria educadora’ de Dilma, alunos do ensino fundamental público vão mal nas três habilidades, leitura, escrita e matemática. É o que mostra um estudo oficial com 2,5 milhões de estudantes. Os números são implacáveis. Um em cada cinco alunos (22,2%) do 3º ano não entende o que lê. Outros 34% encontram algum sentido, desde que a informação mais importante esteja na primeira linha do texto. Na escrita, o mesmo  não sabe escrever palavras (11,64%) ou troca e omite letras, sem conseguir produzir frases legíveis (mais 15,03%). Em matemática, um quarto (24,29%) não soma, com três algarismos, e não subtrai, com dois algarismos…” 

O lado bom 

A apregoada crise financeira do Estado e das prefeituras tem um aspecto benéfico para os gestores públicos: inibe pedidos de cargos em comissão e de procura de empresas oferecendo serviços. Quanto mais se noticia a falta de recursos, mais o governador e os prefeitos acumulam argumentos para dizer não aos que os procuram. 

Contestação 

Izac Jackson Cavalcante, diretor da CUT/AL, está de repouso, recuperando-se de uma cirurgia e só volta às atividades na próxima semana. Mas continua debruçado sobre as contas de receita e despesa do Estado e dos municípios. Para ele, a arrecadação tem aumentado, em relação a 2014. Exceção é fevereiro, mês curto e de Carnaval. 

Vida que segue 

O prefeito Rui Palmeira (PSDB) busca viabilizar a contratação de operação de crédito junto ao Banco de Interamericano de Desenvolvimento, no valor de US$ 63,5 milhões. Os recursos são específicos para o programa de “Requalificação Urbanística da Orla Lagunar de Maceió”. Depende do Senado e do ministro Joaquim Levy. 

Ainda bem 

O secretário de Segurança Pública, Promotor de Justiça Alfredo Gaspar de Mendonça Neto, exerce o cargo na sua plenitude. Para ele, não existe domingo nem feriado. Até tem participado de operações policiais externas. Como tudo tem um limite, há poucos dias o excesso de trabalho o fez parar para exames. Deu tudo normal. 

Apreço 

A deputada estadual Jó Pereira (DEM) é uma entusiasta do cooperativismo. Ela tem estimulado o setor e orientado para a proposta do governo federal de estímulo à abertura de chamadas públicas para compras da agricultura familiar através de cooperativas. E sugere que as cooperativas se organizem em todo o estado, numa central de distribuição. 

Carnaval 2016 

O bloco Vulcão será homenageado nas prévias do Carnaval de Maceió, em 2016, pelos seus 80 anos. A abertura será em 10 de janeiro, com “O Carnaval de Edécio Lopes”, baile aberto na orla de Ponta Verde. O Jaraguá Folia será no dia 29, enquanto no dia 30 de janeiro saem Pinto da Madrugada, Turma da Rolinha e Pecinhas de Maceió. 

Privatização

Do jornalista Ancelmo Góis, na sua coluna de “O Globo”: “Veja a ironia. É de US$ 57 bilhões o valor do plano de desinvestimento da Petrobras. Trata-se, diz o consultor Adriano Pires, em pleno governo petista, do maior plano de privatização da nossa história: ‘Superior ao valor da privatização das telecomunicações do governo FH’.”

 

*A 15a Feira de Supermercados de Alagoas espera receber cerca de 12 mil empresários no Centro de Convenções de Maceió, de hoje até 6ª feira, 25. O tema “Soluções Para Conquistar o Mercado” sugere a principal estratégia para manter e conquistar clientes.

 

*Maceió sedia, até domingo, 27, o Festival Nordeste Cantat, que inclui uma série de 50 concertos musicais e a I Oficina de Técnica Vocal do Nordeste Cantat, no Complexo Cultural Teatro Deodoro. Contato: 3235.1800 / nordestecantat@gmail.com.

 

*A programação oficial do Festival Nordeste Cantat inclui o espetáculo “Nordeste canta os 200 anos de Maceió” no projeto “Teatro Deodoro é o Maior Barato”.  Às 19h30m de hoje, em iniciativa da Federação Alagoana de Coros, com cerca de 200 artistas.

*O projeto “Quartas Eruditas” tem hoje uma aula-concerto com clássicos dos italianos Paolo Tosti e Vivaldi, além do brasileiro Zequinha de Abreu. Participação de Thiago Melo, Selma Brito e Oriêta Feijó. Às 16 horas, no Complexo Cultural Teatro Deodoro.

*O escritor Antônio Valentim lançará hoje o livro “São Miguel dos Campos – seu rio e sua história”, festejando 151 anos de Emancipação Política do município e 514 anos da descoberta do Rio São Miguel. Às 19 horas, no auditório do Fórum .

*O CRB viajou para Macaé sem médico. O clube contratou um médico de lá mesmo, no Rio de Janeiro, para acompanhar a equipe no jogo de sábado passado. Inconcebível, para um clube da Série B do Brasileiro. Ainda mais com o elenco cheio de contundidos.

 

“A Dilma é um acidente do Lulopetismo. O Lulopetismo é muito mais grave do que a Dilma.”

Fernando Henrique Cardoso

Ex presidente da República