Roberto Baia

23 de setembro de 2015

É por aí

A informação está no blog do Bernardino: A decisão é do governador Renan Filho: “Os hospitais e clínicas habilitados pelo Estado para atender aos alagoanos na área de saúde só vão receber pelos serviços contratados mediante o cumprimento das cotas atingidas em cada área. Ou seja: pagamento só com a comprovação de que os serviços foram realizados. A velha prática de receber sem nada oferecer acabou. É um novo tempo que Alagoas vive na área de saúde”.

 

Recado

Esse recado, em linguagem diplomática, foi dado pelo próprio governador há uma semana quando discursava em Arapiraca durante a solenidade de assinatura de termos de compromissos aumentando de R$ 8,9 milhões para R$ 21,8 milhões o investimento anual do Estado (R$ 1,8 milhão/mês) na melhoria da assistência à saúde de mais de 1 milhão de alagoanos no Agreste e Sertão.

 

Motivação

A decisão do jovem governador não é motivada pela crise que se abateu sobre o Brasil. Ela foi repassada à secretária de Saúde, Rozangela Wyszomirska, no início do governo. A recomendação de Renan Filho foi para a Sesau fazer com que todos os alagoanos tenham acesso aos serviços de saúde – da média até a alta complexidade.

 

Intermediação

Na coletiva que reuniu a imprensa de Arapiraca,  na quarta-feira, 22, a prefeita Célia Rocha também falou sobre a importância  da intermediação do deputado federal Marx Beltrão (PMDB) para angariar recursos para as obras, destacando o excelente relacionamento do parlamentar com o ministro das Cidades, Gilberto Kassab.

 

Confirmou

A prefeita confirmou a liberação das arquibancadas do ASA para a partida de domingo, diante do Vila Nova (GO),no último jogo da primeira fase da Série C do Campeonato Brasileiro.

Essa arquibancada comporta quase 3 mil torcedores, na maioria integrantes da Mancha Negra.

O jogo começa às 17 horas.

 

Coletiva

Durante a coletiva, Célia Rocha não confirmou a sua postura em relação ao retorno da CPMF. “Não entendo de economia, mas sou a favor do que for melhor para o Brasil”, resumiu.

 

Projeto que isenta em 100 por cento os juros das taxas dos inadimplentes em Arapiraca, se aprovado pela Câmara, estará vigorando até 31 de novembro.

Com os benefícios concedidos, a Prefeitura espera arrecadar cerca de R$ 3,5 milhão.

 

Primavera dos Museus

O museu é um ambiente de memória, de resgate ao que um dia fomos. E, durante esta semana, Arapiraca está recebendo a 9ª Primavera dos Museus, até o próximo sábado (26).

A programação tem como temática “Museus e Memórias Indígenas” e acontecerá no Museu Zezito Guedes, na Praça Luiz Pereira Lima, bairro do Centro. A entrada é franca.

 

Palestras

Por sua vez, o evento conta com exposições e palestras e é uma parceria entre a Prefeitura de Arapiraca, por meio da Secretaria Municipal de Cultura e Turismo (Sectur), e o Instituto Federal de Alagoas (Ifal).

 

… Até o dia 25, o mutirão do Ministério do Desenvolvimento Agrário (MDA) e do Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (INCRA), vai colocar em dia a documentação civil e trabalhista de mulheres do meio rural de Maragogi.

 

… As agricultoras familiares terão a oportunidade de tirar de graça cédula de identidade, CPF, entre outros documentos.

 

 

 

… Para o Secretário de Educação, Gino César, o programa que tem apoio e é coordenado pela Prefeitura, leva para as mulheres de Maragogi o acesso, não só a documentos, mas também à cidadania. “São diversos serviços ofertados gratuitamente.

 

… A facilidade de tirar um documento sem custo nenhum é bastante oportuna porque muitas mulheres não têm condições”, explica.

  

Na ação, que faz parte do Programa Nacional de Documentação da Trabalhadora Rural (PNDTR) e conta com o apoio do INSS, Ministério do Trabalho e Emprego (MTE) e Instituto de Identificação do Estado de Alagoas, serão emitidas primeira e segunda vias da cédula de identidade, do CPF e da carteira de trabalho, além da inscrição no CadÚnico do Governo Federal