Flávio Gomes

19 de setembro de 2015

O pacote e o cinismo

José Aníbal, presidente do Instituto Teotônio Vilela, do PSDB:“… Eleita montada na mentira e provavelmente com ajuda de dinheiro sujo, Dilma passa por uma desmonta gem vexatória de sua imagem pública. O mandato anterior, como já se sabe, foi todo ocupado em fabricar e encobrir a crise de hoje. Ela destruiu o setor elétrico, maquiou dados oficiais e burlou a lei orçamentária. Deixou crescer a inflação e a dívida pública. Também deixou roubar? Na hora de enfrentar os efeitos de suas escolhas, Dilma abdicou sem renunciar e deixou o papel de Geni da história ao Congresso. Primeiro, na ridícula decisão de mandar um orçamento com déficit. Agora, acendendo o pavio da CPMF no colo dos deputados… Lula e Dilma optaram pela velha política de usar o Estado para acomodar interesses. Ao invés de preparar o futuro, o PT administrou e se locupletou no poder. Enquanto o brasileiro sério e comprometido se preocupa com o pacote, leio num jornal uma frase atribuída a Lula segundo a qual os pobres não podem pagar pelos ‘erros dos outros’. Só pude pensar que precisamos fazer uma reflexão sobre o grau de cinismo que estamos dispostos a aceitar no debate público. É preciso haver um limite.” 

 

Posição

 

Do governador Renan Filho, em defesa da CPMF: “Eu digo isto e sei que sempre que se fala de imposto se é antipático. Mas não gosto de fugir dos problemas, mas de falar da realidade. Acho que o governo federal tem que cortar na carne, mas é preciso ter aumento de receita se não vai prolongar a crise e nos fazer perder empregos”.

 

Justificativa

 

O principal argumento de Renanzinho: “Se isso não acontecer, a crise vai se prolongar e quando a crise se prolonga muito aí é que fica caro. O que é mais caro para o cidadão? O estado arrecadar um pouco mais agora ou continuar a perder milhares de empregos?”. Alagoas, segundo ele, ganhará R$ 1 bilhão se a CPMF for reimplantada.

 

Desenlace

 

Informa o jornalista Ricardo Mota em seu blog, no portal Tudo na Hora, que a relação estremecida entre os deputados Olavo Calheiros e Luiz Dantas, tradicionais aliados, já produz resultado: Olavinho estaria se articulando com o deputado Marcelo Victor para impedir a reeleição de Dantas na presidência da Assembleia Legislativa. 

 

Contraponto

 

De Izac Jackson, da CUT/AL: “Qualquer prefeito que diga que o FPM e outras receitas do município caíram, com relação aos dois quadrimestres do exercício de 2015, comparado ao mesmo período de 2014, ou seja de janeiro a agosto, está faltando com a verdade para justificar o arrocho salarial e a falta de prestação de serviços à população”.

 

Novos voos 

A Azul Linhas Aéreas anuncia para hoje a implantação de novos vôos diários entre Maceió e Recife. A viagem dura de 40 a 50 minutos, no turboélice ATR 72-600, com capacidade para 70 passageiros. São mais alternativas para quem precisa fazer o percurso entre as duas cidades, com possibilidade de pagamento em 10 parcelas.

Dura lex

Ao formalizar pedido de impeachment de Dilma o jurista Hélio Bicudo, 92 anos, fundador do PT e ex-deputado federal pela legenda, reafirma não só as suas convicções democráticas como o respeito à lei e o repúdio ao ex-partido. Longe de ser golpe, como querem petistas e simpatizantes, o impeachment é previsto na Constituição Federal.

Opinião

O ministro Gilmar Mendes, do STF, entende que foi criada no Brasil “uma forma de governar corrupta em toda a sua extensão. Contaminou-se todo o tecido político. Estruturamos um modo corrupto de fazer política”. E revela que o alto índice de corrupção não tem nada a ver com o financiamento privado de campanhas políticas.

 

*O Festival de Teatro Brasileiro em Maceió será encerrado hoje com show de Chico César, com participação do DJ Chico Correia, e espetáculo de dança“Nordestinidade”, da Companhia de Projeções Folclóricas Raízes. Às 18 horas, na Praça Multieventos.

*Às 20 horas de hoje, como em todos os sábados de setembro, o Centro Cultural Arte Pajuçara recebe o “Cabaré da Ciça”, espetáculo de humor e irreverência, que tem como atração o ator Paulo Sarmento e ativa participação da platéia. Aberto ao público.

*O Cine Sesi Cultural, que leva cinema a cidades do interior do Brasil que não possuem salas de projeção, estará de novo, hoje e manhã, em Murici. As exibições, começando sempre às 18 horas, acontecem na Praça Padre Cícero. Acesso livre ao público.

* O PET Engenharia Civil da Ufal abriu inscrições para o 7º Simpósio Alagoano de Engenharia Civil, que ocorrerá de 5 a 7 de outubro, no Centro de Convenções de Maceió. É o maior evento técnico-científico de Engenharia Civil de Alagoas.

*A I Corrida do Empreendedorismo está com inscrições abertas até hoje, com espaço para atletas de todas as faixas etárias, trazendo ótimos benefícios para a saúde corporal. Iniciativa do Sebrae/AL, a competição será no próximo sábado, 26 de setembro.

*O CRB tem um páreo duro, hoje, pelo Campeonato Brasileiro da Série B. Pega o Macaé, às 21 horas, no interior do Rio de Janeiro. Uma vitória será importante para a campanha do clube e um presente pelos103 anos de fundação, que comemora amanhã.

 

“Quando não há mais sonhos, só nos resta o cinismo”

Paulo Freire

Saudoso educador brasileiro, numa expressão que se encaixa bem aos que dirigem o Brasil atualmente