Flávio Gomes

9 de setembro de 2015

Clima de fim de festa

Do jornalista Ricardo Noblat: “Foi um Sete de Setembro de fim de governo sem prestígio. Jamais de governo que mal está começando. Ou que apenas está começando mal. Dos 39 ministros, apenas 17 dividiram com a presidente Dilma Rousseff o palanque principal do desfile militar, em Brasília. Dos 7 ministros do PMDB do vice-presidente Michel Temer, apenas um foi visto por lá – o da Pesca, candidato a perder o emprego no remendo de reforma administrativa anunciada por Dilma para breve. Temer trocou um beijinho com Dilma ao recepcioná-la ao pé do palanque. E foi só. A frieza prevaleceu entre os dois. O vice não perdoa Dilma por ter tomado dele a coordenação política do governo. Dilma não perdoa Temer por achar que ele conspira para derrubá-la… Entre senadores e deputados, sabe quantos compareceram ao desfile para prestigiar a presidente da República? Um deputado. Renan Calheiros, presidente do Senado, e Eduardo Cunha, presidente da Câmara dos Deputados, ficaram longe do pedaço de pista da Esplanada dos Ministérios blindado com placas de aço para proteger Dilma do povo… Presidente sempre aproveita o Sete de Setembro para falar aos brasileiros por meio de cadeia nacional de rádio e televisão. Dilma não falou para escapar de panelaços. Anda traumatizada…”

Retorno

Recado, pelas redes sociais, do deputado estadual Dudu Holanda, que se afastara do mandato por questão de saúde: “Obrigado a todos, estou de volta. Voltar é uma forma de renascer e ninguém se perde no caminho da volta”. Pior para Cícero Cavalcante, suplente que assumiu em seu lugar pensando em ficar mais tempo deputado.

Engajamento

O deputado federal Pedro Vilela (PSDB/AL) engrossa o coro dos que propõem uma revisão no Pacto Federativo: “Prefeitos e gestores têm que participar, conversar e ir junto à bancada federal e aos senadores. Quando falo do pacto federativo, eu falo de uma guerra. De um lado municípios e estados e do outro a União.”

Exemplo

A Braskem dá novo exemplo de contribuição às causas ambientais em Alagoas, ao firmar parceria com a Prefeitura de Maceió para fornecer a tubulação necessária às obras de saneamento na parte baixa da cidade. “Com essas parcerias, vamos melhorar a balneabilidade das nossas praias”, festeja o prefeito Rui Palmeira.

2016

A oposição em Marechal Deodoro articula a disputa pela prefeitura com Júnior Dâmaso e o vereador Cacau e, correndo por fora, a advogada Marialba Braga. Os pré-candidatos devem definir, no início do próximo ano, quem enfrentará o deputado estadual Inácio Loiola, que concorrerá com o apoio do prefeito Cristiano Mateus.

Liberado

O assunto é pouco divulgado, apesar de já ter sido polêmico, mas o gabarito para a construção de edifícios na orla marítima de Maceió, incluindo as praias de Pajuçara a Cruz das Almas, antes limitado a oito andares, agora permite construção de prédios de até 20 andares. Vale também para Jacarecica, Guaxuma, Riacho Doce e Ipioca.

Irreal

O desfile militar de Sete de Setembro no Distrito Federal atraiu uma multidão de 15 mil pessoas, segundo autoridades de lá. Já o desfile na Praia da Avenida da Paz, em Maceió, recebeu um público de 50 mil pessoas, segundo a Polícia Militar. Quem viu imagens dos dois desfiles, pela televisão, duvida dos números referentes ao nosso.

Desabafo

Do cantor Fábio Junior, na celebração do Sete de Setembro em New York: “O que está escrito na nossa bandeira? Ordem e progresso. Vocês sabem o que está acontecendo no Brasil, não é? Desordem e roubalheira. É uma quadrilha. Eu tenho o maior orgulho de vestir essa bandeira. Mas às vezes eu tenho vergonha alheia de ver os nossos governantes lá. Todo mundo roubando.”

 

* O Prêmio Braskem de Jornalismo 2015 será lançado hoje, durante café da manhã no restaurante Bodega do Sertão. As inscrições podem ser feitas de hoje ao dia 4 de outubro. Informações e inscrições: www.sindjornal.org.br até o dia 04 de outubro.

*Foi prorrogada até 22 de setembro a campanha “Arsal Legal”, oferecendo aos permissionários do Transporte Rodoviário Intermunicipal de Passageiros Complementar condições especiais para quitar seus débitos. Informações: 0800 284-0429.

*Hoje o projeto “Teatro Deodoro é o Maior Barato” recebe, às 19h30m, o espetáculo “Pifes & Batuques”, unindo Chau do Pife a jovens talentos, como Diogo Silvestre, do grupo de Zeza do Coco, e Bárbara Moraes e Cadú Ávila, do “Coletivo AfroCaeté”.

*O Corregedor Geral da Justiça do Trabalho, ministro João Batista de Brito Pereira, do TST, está em Maceió para correição ordinária no Tribunal Regional do Trabalho da 19ª Região. Hoje, das 9 às 17 horas, ele estará à disposição para receber os interessados.

*O Conselho Regional de Medicina Veterinária de Alagoas homenageia hoje o professor José Wilson Porto, do curso de Medicina Veterinária da Ufal. Às 9 horas, ele recebe o prêmio Abelardo Teixeira, na sede do Conselho, em Maceió.

* A Editora da Universidade Federal de Alagoas, em parceria com a Imprensa Oficial Graciliano Ramos, promove, desde ontem e até 13 de setembro, uma exposição de livros, no Maceió Shopping. Hoje, 19 horas, oito publicações serão lançadas.

 

“Olívio Dutra continua morando no mesmo prédio digno e modestíssimo onde criou seus filhos”

Patrus Ananias

Ministro do Desenvolvimento Agrário, sobre Olívio Dutra, do PT, ex-governador do Rio Grande do Sul