Blog do Dresch

25 de agosto de 2015

80 mil analfabetos em Maceió

                   Um diagnóstico traçado pelo Centro Internacional de Politicas para o Crescimento Inclusivo (IPC) sobre o analfabetismo em Maceió foi apresentado recentemente, como resultado da primeira etapa da pesquisa. Segundo dados do Censo, Maceió têm atualmente cerca de 80 mil analfabetos, mas vale ressaltar que os estudantes que tem acesso à Rede Municipal de Ensino e que estão em idade escolar correta, estão devidamente alfabetizados, segundo assegura a Secretária Municipal de Educação, Ana Dayse Dórea. Segundo ela, os resultados apontados pela pesquisa são reflexos das ações desenvolvidas pelo Viva Escola, programa de reestruturação do ensino no município.

Contra o analfabetismo 2

                   Para a Secretária, o desafio agora é de alfabetizar os jovens e adultos da capital. “Já conhecemos os dados, mas precisamos identificar as causas. Essa pesquisa foi encomendada para traçar propostas e estratégias efetivas. Pela primeira vez Maceió age de forma sistêmica, e assim saberemos o que fazer, quando fazer e como fazer” explicou a professora Ana Dayse. Para Rafael Osório, diretor do IPC, “a pesquisa foi uma experiência inovadora e Maceió não vai desenvolver uma política pública educacional no escuro”. Segundo ele, esta primeira etapa vai permitir a Maceió dimensionar a realidade na área, e buscar soluções concretas.

Nasa nega fim da Terra

                   Os boatos de que um asteroide irá colidir com a Terra em Setembro foram desmentidos pela Nasa na última semana, até mesmo para não criar uma onda de rumores fora dos Estados Unidos. Segundo inúmeras publicações que se espalharam pela internet, o tal planetoide iria se chocar com o nosso Planeta na altura de Porto Rico entre os dias 15 e 28 de Setembro, levando a destruição às costas dos Estados Unidos e o Golfo do México, assim como as Américas Central e do Sul, o que poderia incluir o Brasil. O impacto da enorme rocha também poderia causar grandes devastações em países europeus litorâneos como Inglaterra, Espanha e Holanda. A estimativa, segundo o rumor, é que pelo menos 30 milhões de pessoas iriam morrer imediatamente, enquanto que outros 40 milhões iriam perambular pelo planeta em uma grande desordem social que iria varrer o nosso mundo. A Nasa divulgou nota para evitar que o boato se alastrasse de forma irresponsável. “Não há base científica, nenhuma evidência conhecida, que um asteroide ou qualquer outro objeto celestial vai impactar a Terra nestas datas” disse um dos diretores da Nasa, que monitora objetos próximos à Terra para se certificar do potencial perigo das rochas espaciais. A possibilidade de um choque com o nosso planeta nos próximos 100 anos é de 0,01%. Os rumores foram espalhados por um pregador conhecido como Reverendo Efrain Rodriguez. Ele tem discutido sua “profecia do asteroide” há cinco anos, apesar de se negar a afirmar uma data exata para sua previsão apocalíptica. “Apenas o Pai sabe a data da ruptura” disse ele em sua página no Facebook.

 

INSS parcela o décimo

                   A primeira parcela da antecipação do décimo terceiro salário para aposentados e pensionistas do Instituto Nacional de Seguridade Social (INSS), será paga em duas vezes, segundo anunciou o Ministério da Fazenda no final de semana. A antecipação será paga da seguinte forma: 25% em Setembro e 25% em Outubro, enquanto que os 50% restantes serão pagos normalmente em Dezembro. Desde 2006 que a primeira parcela (50%) vinha sendo paga em Agosto, mas, alegando problemas de caixa, o Ministro da Fazenda Joaquim Levy bloqueou a liberação integral da primeira parcela.

INSS parcela o décimo 2

                   Na semana passada o Ministério da Fazenda anunciou que a arrecadação federal teve o pior resultado para o período de Janeiro a Julho dos últimos cinco anos. O país arrecadou R$ 712 bilhões nos primeiros sete meses do ano, que significa uma queda de 2,91% em relação ao mesmo período de 2014. Somente no mês de Julho, o país recolheu R$ 104,8 bilhões, uma redução de 3,1% em relação ao mesmo mês do ano passado. Mesmo antes do anúncio da divisão dos 50% iniciais, o Sindicato Nacional dos Aposentados e Pensionistas entrou com uma ação junto ao Supremo Tribunal Federal, pedindo que o pagamento da primeira metade seja feito de forma integral. O Sindicato é contra o parcelamento, porque, na verdade a antecipação já é a metade do 13º. O benefício do aposentado e pensionista não é crediário, e todos contavam com este dinheiro, disse o sindicato em nota.

Usou ácido, pegou perpétua

                   Uma operária cambojana de 40 anos de idade, foi condenada á prisão perpétua por ter causado a morte de outra mulher utilizando ácido. A criminosa assumiu o homicídio dizendo que “estava irritada porque a vitima mantinha uma relação amorosa com seu marido”. Esse tipo de crime acontece com relativa frequência no Camboja, onde é fácil obter agentes corrosivos. O crime é punido com 20 anos ou prisão perpétua, após ser aprovada uma nova legislação naquele país desde 2012. A vitima tinha 20 anos de idade e era guarda de segurança.

CEF é mais reclamada

                   No mês de Julho, a Caixa Econômica Federal liderou o ranking de reclamações dos clientes contra as instituições financeiras, segundo divulgou o Banco Central. No total, 983 reclamações foram consideradas como procedentes pelo BC, em todo o país. Segundo o levantamento, detectou-se vestígios de descumprimento da lei ou regulamentação. Os índices para se elaborar o ranking são bastante questionados pelos bancos em geral, porque sempre se faz uma projeção das reclamações em função do número de habitantes. Em segundo lugar das reclamações ficou o Bradesco e em terceiro o HSBC.

 

  • Não se fazem mais entidades de defesa dos direitos da mulher como antigamente. Vejam o caso a seguir:
  • Na última quinta feira, dia 20, foi julgado em Porto Calvo, o motoboy Anderson Antonio da Silva de 35 anos. Em Julho de 2006 ele assassinou de forma cruel, a então namorada, a balconista Liliana dos Santos Silva de 19 anos, com dezenas de facadas.
  • Foi preso em flagrante e ficou na cadeia até 2010. No julgamento, pegou 24 anos de cadeia. Como confessou, a pena caiu para 18. Como cumpriu quatro, tem 14 pela frente, ou pouco mais de 2 anos, pois basta cumprir 1/6 da pena.
  • Contudo, o motoboy tem um agravante que não foi levado em conta. Ao ser liberado em 2010, foi morar em São Luiz do Quitunde, e em 2012 repetiu a barbárie.
  • Matou outra namorada, Laudijane Maria da Silva, então com 23 anos, com mais um monte de facadas. Só foi detido com a ajuda da população que ficou revoltada com a maldade do crime.
  • Vai enfrentar um novo júri só Deus sabe quando.
  • E aí, tem jeito?