Flávio Gomes

24 de agosto de 2015

Dilma até o fim? Ou Lula?

De Ricardo Noblat: “Direto ao ponto: é melhor deixar Dilma completar seu mandato. Primeiro porque faltam razões robustas para propor o impeachment dela. Segundo porque a deposição de Dilma poderá fortalecer as chances de uma nova candidatura de Lula a presidente. É simples assim. Pense bem: Dilma é uma vítima de Lula, concorda? Não tinha preparo para ser ministra de Estado, muito menos presidente da República. Mas se dispôs a servir ao seu mestre que carecia de um sucessor natural. No começo do primeiro governo de Lula, havia dois nomes com condições de sucedê-lo: José Dirceu, ministro da Casa Civil, e Antonio Palocci, ministro da Fazenda. O mensalão comeu Dirceu. Farras e negócios com amigos de Ribeirão Preto engoliram Palocci. Não tem outro, vai tu mesma, Dilma. Com a vantagem de ser mulher em um país que nunca fora governado por uma. Bela jogada de marketing. E com outra vantagem: governaria quatro anos e cederia a vez novamente a Lula. Jamais Lula perdoará a si próprio por não ter combinado o jogo com Dilma antes de elegê-la…. Lula teria pelo menos três anos para se desvincular da herança maldita de Dilma, explorando ainda as dificuldades que um novo governo obrigatoriamente enfrentaria. Competente, Dilma não é, já sabemos. Mas ladra, também não. Conivente, talvez tenha sido. Para não cuspir em prato que comeu. Nem ser acusada pelos companheiros de trair o projeto de poder do PT. Tudo em nome dos pobres – desde que meu pirão, primeiro! E então? Alguma ideia melhor?”

Posição

Eduardo Cunha, presidente da Câmara dos Deputados, no “Correio Brasiliense”: “Temos de aprender que existe a presunção de inocência para todos. É o meu próprio exemplo. O Renan não está denunciado? Ninguém está cobrando do Renan afastamento porque está denunciado – e ele está denunciado, não por esse caso, mas por outros problemas dele. Então, por que só se cobra essa postura do presidente da Câmara?”

Às apostas

Empolgado sabe-se lá porque, Renan Filho disse que uma das suas metas é erradicar a pobreza do Estado até 2017, ano em que Alagoas irá comemorar o seu bicentenário de emancipação política. A dúvida é sobre como em tão pouco tempo o governador poderá cumprir promessa tão difícil quanto relevante. Empolgação ou bravata?

Cidadania

O presidente do Tribunal de Contas de Alagoas, Otávio Lessa, promove amanhã, às 19 horas, no Centro de Convenções, o lançamento da “Cartilha da Cidadania”. Na ocasião o professor José dos Santos Carvalho Filho falará sobre “Administração Pública e Cidadania: o cidadão como primeiro e último destinatário da atividade administrativa”.

Balanço

Também amanhã, às 9 horas, acontece o primeiro “Café, Gestão e Notícias”, na sede da secretaria estadual da Agricultura, Pecuária, Pesca e Aquicultura. O secretário Álvaro Vasconcelos reunirá a imprensa para falar sobre as ações que o governo estadual tem realizado no setor, fornecendo também dados oficiais em relação à sua pasta.

Parceria

No mesmo horário o prefeito Rui Palmeira presidirá a inauguração do Complexo Lourenço Vasconcelos, uma área multiuso construída pela Braskem para oferta de serviços à população do Trapiche da Barra pela Prefeitura de Maceió. O espaço, construído com a tecnologia Concreto PVC, terá ações de saúde, lazer e esporte.

Nós na fita

A Editora Abril está com uma campanha para quem assinar uma revista do grupo e responder “O que você faria para ganhar uma viagem para o Salinas de Maceió Beach Resort?” As cinco respostas mais criativas darão direito a quatro dias no hotel, com passagem, traslados e refeições, incluindo acompanhante e uma criança de até 12 anos.

Opinião

Do senador Aécio Neves, presidente nacional do PSDB: “O governo e a Presidente da República pagam cada dia mais caro o preço da mentira e do descompromisso com a verdade e com a ética. É o conjunto da obra que faz com que hoje a presidente Dilma tenha a pior avaliação dentre todos os presidentes da República”.

 

*O programa “Aplauso”, produzido por Givaldo Kleber, será dedicado hoje ao saudoso cantor, compositor e violonista Noite Ilustrada, um dos grandes nomes da música popular brasileira. A partir das 10 horas da manhã, na Educativa FM.

*Agosto é o mês de aniversário do Projeto Expresso da Cidadania. Para marcar a data, o ônibus itinerante da Defensoria Pública do Estado levará serviços aos cidadãos em visitas a duas cidades do interior: amanhã, São Brás; 4ª e 5ª feiras, Água Branca. 

*Empresários e profissionais do segmento de beleza e estética de Alagoas lançam amanhã a primeira Associação Estação Distribuidora da Beleza. A entidade congrega 44 salões de Maceió. O encontro será realizado no Sebrae/Alagoas, a partir das 17h.

*De amanhã ao dia 28 a Ufal realiza 2º Encontro de Matemática do Agreste Alagoano, no Campus Arapiraca, com os professores Alcindo Teles Galvão, Carloney Alves de Oliveira e Vanessa Alves, da Ufal, e William Piauí, da Universidade Federal de Sergipe.

*O Fórum de Coordenadores da Universidade Aberta do Brasil inicia amanhã campanha pelo orçamento para educação a distância. O movimento pretende conseguir 500 mil assinaturas. A petição deve ser enviada à presidente Dilma, à Câmara e ao Senado.

*No dia 4 de setembro, das 8 às 13 horas, Santana do Ipanema receberá, de forma simultânea, o XV Seminário Alagoano de Apicultura e II Seminário de Meliponicultura. O evento será na sede da Associação Atlética Banco do Brasil (AABB).

A etapa estadual da 3ª Conferência Nacional de Juventude será realizada em Maceió nos dias 16, 17 e 18 de outubro. Durante a etapa estadual os jovens de Alagoas terão a oportunidade de discutir sobre o tema “As várias formas de mudar Alagoas e o Brasil”.

 

 “A História não tem o ritmo das nossas ansiedades”

Chico Alencar

Deputado federal do PSol/RJ, sobre a hipótese de afastamento do cargo do presidente da Câmara, Eduardo Cunha