Flávio Gomes

14 de agosto de 2015

Receita para salvar Dilma

Do jornalista Ricardo Noblat, em seu blog: “Está nas mãos da presidente Dilma Rousseff a chance de escapar da degola. Ou da hemorragia que a levará a se esvair até o último dia do seu mandato. Basta que concorde com tudo o que seu Lula mandar. É assim que pensam os que rodeiam Lula, e ele. Mas que se apresse porque o tempo passa, a Lusitana roda e daqui a pouco nem mesmo Lula, o aspirante a milagreiro, conseguirá operar o milagre prometido… Lula ainda vê uma forma de, salvando Dilma – quem sabe? –, salvar o projeto de continuidade do PT no poder. Passaria por uma série de providências. A primeira: uma reforma ministerial ampla, geral e irrestrita. Para reforçar a presença de partidos aliados no governo, mesmo que à custa do sacrifício do PT… Quanto a Lula… Em caso extremo, observadas essas e outras condições inconfessáveis de público, ele iria para o sacrifício de assumir algum ministério. O das Relações Exteriores, não. Ficaria obrigado a viajar muito por aí com a imprensa em seu encalço. O ministério da Defesa? O lugar seria adequado, sim, para um ex-presidente da República. E o livraria das garras do juiz Sérgio Moro. Quanto a Dilma… É para dizer a verdade? Dilma continuaria desempenhando todos os papéis de representação que cabem a um presidente. Aumentaria sua agenda de viagens ao exterior e aos Estados. Mas na prática deixaria que Lula, com a discrição possível, coordenasse o governo. Ou melhor: governasse. É pegar ou largar!”

Agregando

De Vera Magalhães, coluna “Painel”, da “Folha”: “Aliados de Eduardo Cunha definiram, em almoço com o presidente da Câmara, uma estratégia para bombardear a aproximação de Renan Calheiros (PMDB/AL) com o governo Dilma Rousseff. Passarão a incentivar que os grupos que organizam as manifestações de domingo incluam o presidente do Senado como alvo dos protestos”.

Expectativa

Nas manifestações anteriores, que ocorreram em Maceió e Arapiraca, os participantes não fizeram referência alguma a políticos alagoanos. O alvo preferencial foi mesmo o PT e, especialmente, a presidente Dilma Rousseff, e seu mentor e antecessor, Lula. Quem sabe, depois de amanhã conterrâneos nossos também serão alvo dos protestos.

Holofote

A dois dias da nova manifestação nacional contra o governo, Alagoas recebe hoje o senador Aécio Neves, presidente do PSDB, maior legenda de oposição, abrindo, 10 horas, na Associação Comercial de Maceió, campanha nacional de filiação ao partido. O evento marca também a volta do ex-governador Téo Vilela à presidência do PSDB/AL.

Arrego

O Ministério da Integração Nacional vai repassar para Alagoas uma parcela de R$ 10 milhões, para distribuição de água através de carros-pipa, em benefício de municípios afetados pela seca. No total, serão repassados R$ 20 milhões. A União reconhece situação de emergência em 38 municípios alagoanos que estão em alerta por conta da seca.

Pode piorar

Renan Filho pode ampliar ainda mais a insatisfação do funcionalismo em relação ao seu governo, criada com o impasse pelo reajuste salarial. É que, já dito aqui, anteriormente, a segunda faixa salarial pode passar a receber no dia 20, ao invés de dia 11, e haverá exonerações de comissionados, por conta da Lei Delegada, que não serão revertidas.

Incentivo

Carlito Lima, secretário municipal de Cultura, anda divulgando a VI Flimar – Festa Literária de Marechal Deodoro, que acontece este ano de 11 a 15 de novembro, tendo como homenageado o poeta e escritor alagoano Jorge de Lima. Carlito diz que, com a criação do evento, jovens do município passaram a ler em média 7 livros por ano.

 

Opinião

Sandra Starling, ex-deputada federal do PT/MG, sobre Dilma Rousseff: “Que ela já não mais governa, disso sabemos todos os que acompanhamos os dolorosos acontecimentos. Inoperante, ela, a grande gestora, a ‘mãe do PAC’ que deveria tirar o Brasil da situação de país do futuro, parece um espantalho a espalhar asneiras por todo lado.”

Os municípios alagoanos têm só até hoje para aderir ao Sistema Alagoas Mobiliza, desenvolvido pelo ITEC. O sistema visa criar uma rede de acompanhamento pedagógica e aprendizagem envolvendo Estado e municípios, melhorando os índices educacionais.

*Visando o empreendedorismo e aumentar a capacidade de gestão dos empresários, o Sebrae/Alagoas realiza, desde ontem e até amanhã, em Maragogi, o Curso Planejamento Estratégico Na Medida. A capacitação será realizada na Universidade Aberta do Brasil.

*Hoje, das 14 às 17 horas, uma equipe do Programa Nacional de Imunização da Secretaria de Saúde de Maceió estará na sede da Justiça Federal em Alagoas, em nova campanha de vacinação em benefício de magistrados, servidores, terceirizados e estagiários.

*De hoje até domingo acontece o I Encontro de Comunidades Quilombolas e Povos Tradicionais de Terreiro de Alagoas, na Comunidade Quilombola Muquém, na Serra da Barriga, em União dos Palmares. A programação tem início às 9 horas da manhã.

*O ASA, que se mantém na zona de classificação, tenta hoje consolidar o trabalho que realiza visando voltar à Série B do Campeonato Brasileiro. Enfrenta o América-RN, às 21 horas, na Arena das Dunas, em Natal. O jogo abre a 12ª rodada da Série C.

“Semana passada o vice-presidente Michel Temer foi o primeiro-ministro, agora é Renan Calheiros quem manda. É uma troca: para Dilma ficar, Renan Calheiros assume.”

Bruno Araújo

Deputado do PSDB/PE