Edmilson Teixeira

12 de agosto de 2015

Maribondo perde seu grande guerreiro

Morreu  ao 65 anos na manhã desta terça-feira, no Hospital Regional de Arapiraca, de onde estava internado desde a última quarta-feira, o destemido professor, escritor, jornalista e radialista José Jurandir. Enfrentava problemas de diabetes e cirrose hepática. Entre tantos locais que atuou como profissional, JJ trabalhou no Jornal de Alagoas, Gazeta de Alagoas, Extra  e diretor da Rádio Difusora de Alagoas (no governo do GB). O sepultamento ocorrerá às 10h desta quarta-feira, na cidade de Maribondo. Seu mais recente trabalho literário trata-se do polêmico livro “Corredor da Morte – Mistério das Alagoas”, cujo  lançamento ocorreu em novembro do ano passado na Câmara de Vereadores de Maribondo. Crimes de pistolagem de repercussão ocorridos em Alagoas retratam o conteúdo do referido  livro

 

Maribondo – outro

 

Há exatamente três anos, José Jurandir teria lançado também outro livro: Os crimes que abalaram Alagoas. ´´Escrevi este livro não foi para fazer sensacionalismo ou para mostrar o lado negativo da minha querida Alagoas; mas, apenas e somente, registrar nos anais da história de nossa gente, com certa tristeza, esses lamentáveis fatos, para o conhecimento dos nossos jovens e de todos aqueles que não vivenciaram a época de muitos desses tristonhos acontecimentos, ou deles nunca ouviram falar, para que repudiem e os vejam como exemplos danosos nos nossos desenvolvimento sócio político cultural“– teria dito na ocasião José Jurandir. 

 

Maribondo – nas redes

“Guardarei para sempre suas últimas palavras, sei que um dia iremos está juntos de novo. Te amooo meu pai” José Jurandir Oliveira, o filho.

Como é difícil começar o dia e a primeira ligação informa a morte de um irmão. José Jurandir, amigo de pelo menos 35 anos. Jornalista, radialista, poeta e acima de tudo honesto, predicado em falta nos nossos dias” comentou nas redes sociais o ex-deputado, Jeferson Marais.

 

Retrato

 

“Convivi com o “Velho Jura” bons e péssimos momentos, mas nunca vou esquecer a forma como tratava uma amizade. Como jornalista dividimos espaço na mesma redação, como radialista em emissoras de rádio e como deputado estadual, tive a honra de tê-lo  como um conselheiro, pois enquanto eu ainda nem pensava na política, ele já tinha sido vereador por  Maribondo” completou Jerfeson Morais.

 

Ícone

 

Maribondo perde sua referência. Intelectualmente falando tratava-se de um ícone da cultura alagoana, ícone esse que por onde passava fazia questão de lembra que era filho de Maribondo. Professor José Jurandir como por muitos era conhecido realmente veio ao mundo com a missão de ensinar; ensinar ao seu povo que nunca desista de seus sonhos e de seus ideais. Professor, Escritor, Jornalista, Radialista e Político todas suas habilidades sempre desenvolvidas com muito amor e dedicação, referência por onde passava” destacou o internauta João Neto.

Palmeira – eleição 2016

Chico Tenório deputado estadual que teve cerca de três  mil votos em Palmeira na eleição passada, deve lançar seu nome para disputar a Prefeitura palmeirense em 2016. Um dos grandes sinais para que isso se torne realidade, é uma residência que o parlamentar acabou de alugar naquela cidade. Em outra ocasião, o deputado revelara para essa Coluna, seu interesse de entrar nessa briga.  


Palmeira- eleição 2016 – outro

Informações também dão conta, de que o radialista Marcelo Lima que diariamente comanda um programa jornalístico  na rádio Vitório FM, pode sair forte candidato a prefeito no ano que vem lá em Palmeira. Tem levantado questões sobre o desprezo político vivenciado pelos palmeirenses, sobretudo pela falta de um administrador que tenha postura de mostrar serviço. 


 Palmeira- eleição 2016- ontem!

Para quem não sabe, foi que  Marcelo Lima  com esse mesmo estilo de programa, sobretudo no calor financeiro do empresário Boby Lyra, chegou a ser prefeito em Delmiro Gouveia, quando lá trabalhava numa emissora de rádio. Só que não concluiu seu mandato. O próprio renunciara o cargo no dia 20 de setembro de 2007, ou seja, quando estava  há dois anos e nove meses no comando.  Motivo: acusado de cometer falcatrua nas contas públicas.    

 

Arapiraca

 

Como mais uma forma de ajudar a diminuir a dependência dos municípios aos repasses do Fundo de Participação dos Municípios (FPM), o Sebrae/AL, em parceria com a Associação dos Municípios Alagoanos (AMA) realiza desde de ontem, em Arapiraca, duas turmas do curso de elaboração de projetos ‘Como captar recursos para o município’, com o consultor Rômulo Rende, especialista em gestão estratégica, finanças e empreendedorismo público. O evento termina nesta quarta.

 

AL em SP

O filé é símbolo do artesanato e da tradição de Alagoas, refletindo a história e a cultura do Estado. De amanhã  até sábado, um pedaço dessa cultura alagoana estará exposto na 27ª Craft Design, no Centro de Convenções Frei Caneca, em São Paulo. O Instituto Bordado Filé da Região das Lagoas vai ocupar dois estandes na feira, uma das referências em negócios e tendências na área de decoração e design.