Flávio Gomes

8 de agosto de 2015

Linchamentos e navios negreiros

De Wadih Damous, deputado federal pelo PT/RJ: “… O jurista Marcio Sotelo Felippe, em artigo recente, fala sobre os múltiplos fatores que levam a opressão do povo negro. Aponta o débito social histórico, essa miséria transmitida de geração a geração sem que a sociedade se lembre de resgatá-lo: o preconceito e a exploração da estrutura capitalista. A Secretaria Nacional da Juventude trouxe dados que oferecem a exata medida da diferença abissal no tratamento entres brancos e negros pelo sistema de justiça: ‘mais de 60% dos presos são negros (prende-se 1,5 mais vez que o número de brancos), e uma parcela próxima a essa é composta por jovens. Quanto mais se prende, mais jovens e mais negros lotam as cadeias’. Como se não bastasse ao povo negro ser criminalizado por um sistema de justiça seletivo que tem cor, idade, classe social e foco preciso, ainda é vítima de ações ultrajantes, violentas, crimes contra a humanidade praticados pela turba covarde, insana e sedenta por fazer ‘justiça’ com as próprias mãos. Esses crimes de ódio são estimulados pelo jornalismo sensacionalista, e o silêncio preocupante das autoridades faz com se esse fenômeno se propague. É passada da hora de fazermos algo para evitar essa cotidiana tragédia social.”

Eldorado

O governador Renan Filho parece mesmo disposto a desenvolver o setor agrícola do Estado à base de incentivos. Algo parecido com o que seu antecessor, Téo Vilela, fez para atrair indústrias. O convênio com o Creci/AL, firmado ontem, para incentivar os corretores de imóveis a atrair investidores para a área rural, é prova disso.

Argumento

Renan Filho acredita que convencer empresários a investir em projetos agropecuários e de beneficiamento de produtos agrícolas pode dar melhores resultados, principalmente na geração de empregos, do que a implantação de indústrias. Com a vantagem, na sua avaliação, de impedir que, em busca de vida melhor, jovens deixem o interior.

Renovação

Dependendo dos efeitos dos ventos de renovação na política brasileira, o deputado federal Marx Beltrão, em primeiro mandato, pode ser a “cara nova” na eleição ao Senado. Hoje, os candidatos às duas vagas a serem disputadas em 2018 são os veteranos Renan Calheiros, Benedito de Lira e Téo Vilela. Marx seria o novo nessa disputa.

Lamento

Cícero Cavalcante, ex-prefeito de São Luiz do Quitunde e de Matriz do Camaragibe, se vê frustrado com a não oficialização de licença de Dudu Holanda para assumir mandato de deputado estadual. Cícero, um dos mais antigos aliados do senador Renan Calheiros, esperava, como primeiro suplente, ter espaço no governo Renan Filho.

Moribundo

Vice-presidente nacional da ABES – Associação Brasileira de Engenharia Sanitária Ambiental, o engenheiro Álvaro Menezes, ex-presidente da Casal, afirma: “A salvação do Rio São Francisco é improvável”. É o que diz em entrevista à revista “Alagoas S.A.”, em que lamenta a situação degradante do rio, do ponto de vista ambiental.

Veneração

Maceió recebe neste final de semana a imagem de Nossa Senhora Aparecida, Padroeira do Brasil. Hoje, 18 horas, Monsenhor José Augusto pega a imagem em missa na Basílica de Nossa Senhora Aparecida, São Paulo, com transmissão da TV Aparecida, HD 24.1. Amanhã a imagem chega, às 13 horas, no Aeroporto Zumbi dos Palmares.

Possibilidades

Do Portal IG: “A oposição aposta em duas hipóteses que podem levar ao fim do governo Dilma. Uma seria a cassação da chapa Dilma-Temer pelo TSE, que analisa abusos durante as eleições de 2014, e a outra seria forte pressão social pela renúncia da dupla. Se o primeiro caso se confirmar, o tribunal teria que convocar novas eleições em três meses.”

 

*O cantor e compositor Oswaldo Montenegro é a atração de hoje do Projeto Mirante Gourmet Cultural, com o show “Canção nua”, em que apresenta grandes clássicos da música brasileira. Início às 20 horas, com ingressos a R$ 80,00. Contato: 3032. 5210.

*O programa “MPB em Foco” de hoje, 11 horas, na Educativa FM, apresenta sucessos inesquecíveis de Evinha e Tim Maia, além de homenagem à cantora Leureny, a Dama da Música alagoana. No destaque, Carmem Miranda, falecida há 60 anos.

* Também produzido por Givaldo Kleber, o programa “Eternamente Jovem” de hoje, às 13 horas, na Difusora AM 960, fará uma homenagem ao Dia dos Pais, com Roberto Carlos, Roberta Miranda, Altemar Dutra, Gilliard, Fábio Júnior e e Carmen Silva

*O Ambulatório de Oftalmologia do Hospital Universitário realiza hoje, a partir de 8 horas, mutirão para triagem de pacientes que precisam de cirurgia de catarata. Triagem, exames e cirurgia, pelo SUS, para pessoas com idade a partir de 50 anos.

*O Programa de Apoio às Escolas Públicas convida estudantes, pais ou responsáveis para palestra hoje, 8 horas, no auditório da Reitoria da Ufal. Objetivo: tirar dúvidas sobre oportunidades aos alunos da 9ª série do fundamental e do 1º ano do ensino médio.

*O projeto Giro dos Folguedos, em sua 13ª edição, será retomado hoje, às 15h30m, na no Conjunto Osman Loureiro, Clima Bom, e às 16 horas, na Praça Padre Cícero, no Benedito Bentes. A programação contempla diversas vertentes do folclore alagoano.

*Atividades de hoje dos clubes alagoanos que disputam o Campeonato Brasileiro: pela Série C, o ASA enfrenta o Botafogo PB, em João Pessoa; pela Série B, o CRB recebe o Náutico, às 16h30m, no Trapichão, precisando vencer para se afastar do rebaixamento.

 

“Ninguém vai tirar a legitimidade que o voto me deu. É uma democracia.”

Dilma Rousseff

Presidente da República, esquecendo-se, talvez, que a Constituição é um instrumento legítimo para a retirar do poder de quem não faz por merecê-lo