Edmilson Teixeira

24 de julho de 2015

Nossa “caninha” em destaque

De Alagoas para o mundo! A cachaça, em sua forma atual, percorreu um longo caminho antes de garantir o título de bebida nacional, concedido por decreto pelo Governo Federal. Antes, apenas “água ardente”, hoje, já tem lugar até em concursos internacionais. E a alagoana Caraçuípe está no posto das melhores do mundo. Na edição de 2015 do Concurso Mundial de Bruxelas – Spirits Selection, competição itinerante que premia os principais vinhos, destilados e licores do mundo, a cachaça de Alagoas recebeu a medalha de prata.

 Nossa “caninha” – origem

 Com alambique situado entre as cidades de São Miguel dos Campos e Teotônio Vilela, no km 159 da BR 101, a Caraçuípe foi fundada há cinco anos, e está no mercado há um ano e meio, após o processo de fermentação e envelhecimento da bebida. Ou melhor, voltou ao mercado. “A ideia de montar um alambique veio da história do meu avô Antônio, que fabricava cachaça nos anos 1930. Caraçuípe é o mesmo nome do engenho que ele tinha, na cidade de Água Preta, no interior de Pernambuco. Então, como a família já tinha a tradição, resolvemos montar o alambique com um produto de alta qualidade”, contou o empresário Renato Coutinho.

 

Santa Luzia do Norte

 Pedro Soares, Poeta Pedão Show  como é conhecido, uma das maiores lideranças de Santa Luzia do Norte, reuniu uma grande multidão na quarta-feira, a fim de promover  um manifesto popular, em defesa da paz em sua cidade. “Fizemos uma caminha pela paz, como forma de sensibilizar as autoridades o grau de abandono em que se encontra a nossa cidade” disse. Revelou que a cidade vive amedrontada com tanta violência. “Em meio a esse evento, protocolamos um documento solicitando as autoridades competentes, inclusive com sugestões nossa, a criação de um Plano de Emergência, que venha frear de imediato o tão desagradável clima vivenciado pelo nosso povo”.

 

Viçosa

 

Criamos em Viçosa, um grupo no Whatsapp com o título “O Assunto é Viçosa!”.  Nele, estão os três  vereadores de oposição, eu,  Antônio Ferro e Jota Wanderley. Levantamos um tema para que pudéssemos criar um Projeto de Lei com a participação dos integrantes do grupo (100 no momento), um primeiro passo para a participação popular nos assuntos da cidade. Nesta sexta-feira, encerram as votações e o tema será elaborado, para que seja discutido no parlamento municipal” recado da vereadora Micheline Fernandes, enviado para a Coluna. 

 

 

Maribondo – eleição

Eremilton Fernandes disse que está disposto a disputar a Prefeitura de Maribondo no próximo ano. Disse que tem recebido apoio de empresários e lideranças da região, a fim de botar pra valer seu bloco na rua. Na gestão passada na qualidade de vice-prefeito, Eremilton chegou a ocupar os últimos cinco meses do governo de Zé Márcio; face ao afastamento desse como titular por força da Justiça. Na época, o Zé Márcio perdera o controle de seu governo, sobretudo com greve e mais greve, por conta de folhas de pagamentos atrasadas.   

 

 

Estrela de Alagoas

A assessoria de imprensa do prefeito Arlindo Garrote afirma que na cidade, surgiu um comentário de que o gestor não seria candidato à reeleição, por medo da oposição. Afirma que isso é assunto de fofoqueiro de esquina. “O Arlindo Garrote não teme a oposição de Estrela de Alagoas pelo fato de ser uma oposição desorganizada e que não atua. Tudo que é desorganizado não merece credibilidade” diz a nota.

 

Estrela – cardápio

 

A gestão do Arlindo Garrote, segundo sua assessoria, vem realizando ações eficazes em benefício da população. Diz que estão sendo construídos seis novos postos de Saúde, todas as escolas da rede municipal foram reformadas e ampliadas; todo o centro urbano está sendo pavimentado. Novos veículos foram adquiridos para a frota da Prefeitura, ginásios poliesportivos estão sendo construídos na zona rural, entre outras ações.

 

Estrela / Palmeira

 

Além disso, segue a nota: “o projeto de campanha para reeleição do Arlindo está pronto, inclusive  financeiramente. O sucesso da gestão da família Garrote em Estrela fez com que a ex-prefeita Ângela Garrote chegasse bem perto de ser eleita deputada estadual na eleição que passou, obtendo cerca de 14 mil votos. Por essa razão, a família também irá lançar candidatos em 2016 em Palmeira dos Índios, município que  Ângela Garrote saiu com mais de 4 mil votos na estadual.

 

Maribondo- empresa

 

Quando a Lei Geral da Micro e Pequena Empresa foi promulgada, em 14 de dezembro de 2006, o Sebrae/AL deu início a um trabalho de sensibilização com prefeitos e vereadores para que os municípios alagoanos pudessem ter sua própria versão dessa lei, que estimula o desenvolvimento dos pequenos negócios. Após 102 leis publicadas em Alagoas, Maribondo foi o primeiro a responder a outro chamado do Sebrae, no início do mês de julho deste ano, a fim de atualizar sua legislação de acordo com os últimos avanços trazidos pela Lei Complementar nº 147, de 7 de agosto de 2014.

 

BNB – em Alagoas

 

O Banco do Nordeste disponibiliza R$ 2,3 bilhões em operações de crédito, no âmbito do Plano Safra da Agricultura Familiar 2015/2016. Os recursos são do Fundo Constitucional de Financiamento do Nordeste (FNE).Os juros variam entre 0,5% e 5,5%, dependendo da região e do valor financiado. No semiárido, os agricultores familiares terão juros ainda mais baixos, entre 0,5% e 4,5%.

 

BNB – calamidade

Também está prevista a redução de juros para  empreendimentos localizados em municípios com decretação de situação de emergência ou estado de calamidade pública, em função de estiagem. Podem beneficiar-se do recurso todos os agricultores familiares que disponham de Declaração de Aptidão do Pronaf (DAP) ativa, não tenham restrição cadastral e apresentem proposta de financiamento com viabilidade técnica, econômica e financeira.

 

 

Mata Grande

 

Prefeito Jacob Brandão tem uma bronca séria para resolver junto a Justiça. Trata-se de caso de “maracutaia” nas finanças da Prefeitura. Nesse rolo, além do prefeito, estão também o primo Gabriel Brandão, seu secretário de Finanças e o empresário Kleber Malaquias. Na jogada o MPE, através da Promotoria de Justiça da comarca de Mata Grande, que ajuizou uma ação civil por ato de improbidade administrativa do referido trio. Prefeito e primo teriam firmado um contrato com o empresário Kleber Malaquias de forma ilegal, pelo fato do município não ter realizado processo licitatório.

Mata Grande- jogo aberto

O empresário Kleber afirmou publicamente em entrevistas concedidas a rádios e outros veículos de comunicação do estado que pagou propina ao prefeito e ao irmão dele, o presidente da Câmara, vereador Júlio Brandão, além do ex-secretário Gabriel Brandão, que é primo dos dois. Malaquias afirmou que o prefeito tinha exigido R$ 13.800,00 como condição para que pudesse receber o pagamento referente ao serviço prestado.

Mata Grande- firmeza

Ainda publicamente, o empresário afirmou que mesmo pagando a propina exigida, o prefeito e o irmão não quitaram os valores referentes ao aluguel dos veículos. O mesmo disse também que pagava a prestação de um veículo Pajero, carro de luxo pertencente ao vereador Júlio Brandão, e que tinha como provar todas as acusações divulgadas.