Olívia Cerqueira

23 de julho de 2015

Cezzinha abre Projeto Cultural Encontros, hoje

Cantor e sanfoneiro Cezzinha está lançando seu quinto disco “Eu Gosto de Tudo em Você”

Cantor e sanfoneiro Cezzinha está lançando seu quinto disco “Eu Gosto de Tudo em Você”

 

Olívia de Cássia – Repórter

O Projeto Cultural Encontros terá abertura nesta quinta-feira (23), às 20h30, no Teatro Deodoro com o show “Tributo a Dominguinhos’, que será  feito pelo sanfoneiro e cantor Cezzinha,  com as participações especiais do cantor Gaubi Vaz, do Mô Fio e da cantora Wilma Araújo.

“O show de Cezzinha e artistas da terra marcará a abertura do Projeto Cultural Encontros, que terá quatro eventos, que proporcionarão ao público grandes encontros, com apresentações de alguns dos nossos melhores artistas e um artista de renome nacional em diversos estilos”, observa  o produtor cultural e mentor do projeto, Marcus Assunção.

O cantor e sanfoneiro Cezzinha está lançando seu quinto disco “Eu Gosto de Tudo em Você” e usa sua voz e seu talento no acordeom para embalar sucessos de nomes como Dominguinhos e Luiz Gonzaga e também composições autorais.

As 16 faixas do novo trabalho trazem canções inéditas e regravações de sucessos da música regional e nacional. Gravado no início deste ano no estúdio de Vanutti, no Recife, e produzido por Cezzinha, o produto chega às lojas e plataformas digitais pela  gravadora Som Livre.

O artista solta a voz em um pot-pourri especial com canções dos mestres Luiz Gonzaga e Dominguinhos – “Pedras Que Cantam”, “Olha Pro Céu” e “Isso Aqui Tá Bom Demais” – e também mostra que sanfona combina com samba na faixa “Judia de Mim”, que conta com a participação especial de Zeca Pagodinho, autor da música ao lado de Wilson Moreira.

Outras canções como “É bonito ver você sorrindo / Quando passa e cruza o meu caminho / Só existe uma razão pra sorrir / Agora só me resta pedir / Que aceite meu carinho”. Este é o primeiro verso da inédita “Eu Gosto de Tudo Em Você”, composição de Cezzinha e Clodo Ferreira, que, em tom apaixonado, batiza o disco.

O mesmo clima está em canções já conhecidas do sanfoneiro, como “Porque Tem Que Ser Assim” e “Um Anjo Pra Cuidar de Mim”, que ganham novas versões neste novo trabalho.

O álbum traz também as inéditas “Em Teu Olhar Me Encontro”, “Cem Anos de Solidão”, “Queimando de Prazer” e “Forró Brasileiro” e “Enchente”, esta última, composição de Cezzinha e André Rio, em que o sanfoneiro mostra o melhor do forró romântico.

O cantor sanfoneiro ainda relembra clássicos, como “Ai Que Saudade d’Ocê”, de Vital Farias, “Poucas Palavras”, de Ilmar Cavalcanti e Eliane, “Quando Bate o Coração”, de Accioly Neto, e “O Ciúme”, de Caetano Veloso.

Pupilo de Dominguinhos, Cezzinha demonstra todo seu talento na sanfona em duas faixas instrumentais do disco: “Baião de Bandolim”, na qual conta com a participação de Beto do Bandolim, e “Forró dos ‘M’”, uma homenagem a Eduardo e Geraldinho Magalhães, amigos e produtores do músico.

Os ingressos para o show  com lugares marcados na Bilheteria do Teatro Deodoro e na Ao Pharmaceutico, na Avenida João Davino.

O projeto tem o apoio da Secult, Bodega do Sertão, Laboratório IPC , IZP, Hotel Brisa Mar, Restaurante Paris 8 , Ao Pharmaceutico e Pablo Pneus. A realização e criação é da Eventur’s  dos produtores culturais Marcus Assunção e Fafá Rocha. Informações 99979-5959 ou 3315-5665.