Flávio Gomes

17 de julho de 2015

Loucura geral

Do jornalista Carlos Brickmann: “… Até que a razão volte a prevalecer, na política e na imprensa, é bom tomar cuidado. Há cretinos fundamentais que dizem que os parlamentares que votam contra a redução da maioridade penal são cúmplices dos bandidos e por isso merecem morrer. Pode-se discordar deles, mas querer que morram? Outros, diante de uma declaração da atriz Marieta Severo, que elogiou a inclusão social no Brasil, concluem que ela recebe do PT para defendê-lo. Besteira sesquipedal: este colunista não tem a menor ideia do pensamento político de Marieta Severo, mas sabe que é uma pessoa séria e uma profissional de alto nível. É perfeitamente possível discordar de suas opiniões, claro; mas apresentando outras opiniões opostas e os argumentos que as sustentem. Como é possível discordar da presidente Dilma Rousseff (e a maioria do eleitorado, hoje, parece fazê-lo) sem cair na grosseria de adesivos pornográficos e desrespeitosos não apenas a ela, mas às mulheres em geral. Aliás, essa história dos repugnantes adesivos é incrivelmente burra: no momento em que a presidente atinge seus índices mais baixos de popularidade, é preciso ser ignorante total em política para atacá-la nesses termos, que só podem provocar solidariedade. Não se chuta quem está por baixo…”

 

Bem dito

 

Pelas redes sociais a vereadora Heloísa Helena (PSol) criticou quem culpa analfabetos pela má representação política no Brasil: “Tem muito sem-vergonha diplomado que mente, rouba e vota fervorosamente em bandido de luxo mesmo sabendo exatamente quem ele é e o que de mais podre ele faz! Mas… um dia muda, né?! Um país sem corrupção depende da honestidade do seu povo”.

 

Indelicado

 

Renan Filho se diz preocupado com o débito de R$ 850 milhões do AL Previdência: “Esse foi mais um débito encontrado e, o pior, aumenta a cada ano”. O governador foi no mínimo descortês com o presidente Marcelo Lourenço, de reconhecida competência, que criou o órgão e foi mantido por Renanzinho na transição de governo.

 

Inovação

 

Foi aprovado pelo Senado Federal projeto de autoria do senador Benedito de Lira que altera a Lei de Improbidade Administrativa e tirando dos juízes de primeira instância o poder de afastar prefeitos processados. O senador pretende com isso evitar que a gestão pública seja prejudicada com o entra e sai no comando dos municípios.

 

Mistério

 

Há políticos em Alagoas com 30 anos na atividade que nunca trabalharam, jamais tiveram carteira profissional assinada nem qualquer outra atividade remunerada. Mas têm muitos bens declarados ao Imposto de Renda, reconhecidos pela Receita Federal. Não se sabe como, pois os subsídios de parlamentar não justificam.

 

 

 

Indignação

 

O dentista Ricardo Valença, pessoa de bem, foi um dos pioneiros do PT. Chegou a ser presidente do diretório regional da legenda em Alagoas. Mas anda indignado com a política atual, inclusive com o governo petista. E não tem nenhuma pretensão de atuar na militância ou disputar mandato. “Deixei a política em 2009”, diz.

 

 

 

Desatenção

O trade turístico alagoano não deu atenção ao lançamento em Maceió, anteontem, do 2º Salão de Turismo Rota 101 Nordeste, que acontecerá, de 6 a 8 de agosto, em Recife. Nenhum titular de órgãos oficiais ou entidades do setor se fez presente. No lançamento em Recife estiveram prefeitos, o governador e o ministro do Turismo.

 

Faz sentido

De Lauro Jardim, citando banqueiro que perdeu as esperanças no Brasil no curto prazo, mas mantém o bom humor: “O presidente ideal para a Petrobras seria o Pedro Barusco. Como está de tornozeleira eletrônica e fez delação premiada, ninguém iria querer propor negócio escuso para ele. E, como fez delação premiada, não pode mentir.”  

 

*O Diretor Geral da Polícia Federal, Leandro Daiello Coimbra, deve participar da posse do delegado Bernardo Gonçalves de Torres no cargo de Superintendente da Polícia Federal em Alagoas. Hoje, 15 horas, na sede do Ministério Público Estadual.

* Neuzete Silva, da Análise Contábil, e Mário Calheiros, da Apícola Fernão Velho, alagoanos ganhadores do Prêmio de Competitividade para Micro e Pequenas Empresas, participam, até hoje, de Missão Técnica do Prêmio, no Rio Grande do Sul..

*O Cine Sesi Cultural, que exibe filmes em cidades do interior que não possuem salas de cinema ou cujas salas encontram-se desativadas, estará de hoje a domingo em Piaçabuçu. Sempre às 18 horas, na Praça São Francisco de Bórgea.

*O fotógrafo Marcos Bonisson é o convidado do projeto Jornada Fotográfica, de hoje até domingo, na Casa da Palavra. Serão palestrantes Ricardo Lêdo, Renata Voss, Camila Cavalcante, Monica Guimarães, Pei Fon e Luciana Peixoto.

*O cantor e compositor Lenine se apresenta hoje em Maceió, dando sequência à turnê de seu mais novo trabalho, o disco “Carbono”, com 11 faixas inéditas. O show tem início às 21 horas, no Teatro Gustavo Leite. Contato: 3235.5301/ 3317.0865.

*O ASA fez boa atuação, mas terminou sendo eliminado da Copa do Brasil ao perder de 1×0 para o Palmeiras. Se o jogo fosse em Arapiraca o time estaria mais à vontade, mas negociar o mando de campo para Londrina foi uma boa chance de ganhar dinheiro.

*O CRB, que não vence há três partidas (duas em casa) pela Série B do Brasileiro, pega o Vitória hoje, às 21h50m, em Salvador. Em futebol tudo é possível, mas pelo momento atual dos dois clubes um empate para o CRB terá sabor de goleada

 

“O governo está terceirizando o projeto legislativo, está usando senador de laranja”

Eduardo Cunha

Presidente da Câmara, referindo-se à proposta do senador Randolfo Rodrigues (PSol/Amapá), de facilitar a repatriação de dinheiro enviado por brasileiros para o exterior