Flávio Gomes

8 de julho de 2015

Era doce e se acabou

Da jornalista Mary Zaidan: “O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva já não é mais o mesmo. Pouco parece ter sobrado do hábil hipnotizador de plateias. Na sexta-feira, durante a 5ª Plenária Nacional da Federação Única dos Petroleiros, nem o macacão laranja – figurino que já usara em 2006 para anunciar, de mãos sujas de óleo, a autossuficiência de petróleo que nunca veio – conseguiu salvá-lo. Reuniu pouco mais de uma centena para ouvi-lo mandar a sua pupila Dilma Rousseff ir para as ruas, enquanto ele só tem falado sob a proteção de quatro paredes. E entre amigos. Desta vez, no auditório da Escola Nacional Florestan Fernandes, do MST, em Guararema (SP). Como de costume, o objetivo era colocar-se como vítima e defensor exclusivo da Petrobras, da qual o seu governo e o de sua afilhada fizeram gato e sapato. ‘Se quiserem um brasileiro que tem orgulho da Petrobras, eu estou aqui’. Se caráter tivesse, se diria envergonhado. Pediria desculpas. Empresa que já ocupou o oitavo lugar entre as maiores do mundo, a Petrobras viu seu valor e sua credibilidade despencarem nos quatro últimos anos. No ranking da revista Forbes divulgado em maio, caiu da 30ª para a 416ª posição. Postergado por meses, o balanço auditado da companhia apresentou prejuízo de quase R$ 22 bilhões em 2014, o maior de uma empresa brasileira de capital aberto desde 1986.  E, confessamente, escrito lá no balanço, mais de R$ 6 bilhões foram perdidos para a ladroagem, cifra que a Polícia Federal considera timidíssima. A PF calcula, por baixo, que a corrupção comeu R$ 19 bilhões da estatal. Um rapa sem igual…”

Justiça

Em sua coluna no semanário “Primeira Edição” o jornalista Romero Vieira Belo ressalta a iniciativa do deputado estadual Marcos Barbosa, aprovada pela Assembleia Legislativa, instituindo a Comenda Divaldo Suruagy. A comenda homenageará pessoas que se destaquem pela atuação em favor do desenvolvimento de Alagoas.

Sangria

Deputado federal Pedro Vilela (PSDB), sobre R$ 50 milhões/mês que Alagoas paga da dívida junto à União: “O Governo Federal dá com uma mão e tira com a outra. Se for fazer uma conta de tudo que o Governo Federal investiu nos últimos anos em Alagoas, e tudo que Alagoas pagou a título de juros, a conta é praticamente zero.”

Resignado

O vereador Silvânio Barbosa, do PSB, impedido pelo partido de concorrer a deputado estadual, ano passado, não pretende sair da legenda. E não tem nada contra a filiação ao PSB do prefeito Rui Palmeira, a quem faz oposição. Foi o que disse ao programa “Conjuntura”, que vai ao ar hoje, 12h40m, na TV Mar, canal 25 da NET.

Agenda

A Secretaria de Estado do Planejamento, Gestão e Patrimônio reúne jornalistas hoje, 9 horas, para explicar Planejamento e Orçamento Públicos. Mais especificamente, Plano Plurianual e Lei de Diretrizes Orçamentárias. Participam Gustav Ives e Bruno Pimentel, Mestres da Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade da UFAL.

Hum…

O Edifício Palmares, no Centro, propriedade do Instituto Nacional de Seguridade Social (INSS) está desativado há três anos e era ocupado por famílias de sem teto. No dia 28 de julho será leiloado. É no mínimo estranho que de surpresa, numa noite, tenham sido retirados os bens ainda servíveis, inclusive todas as esquadrias.

Prêmio BNB

Será em 30 de julho, às 17h30m, na sede do Banco do Nordeste, em Fortaleza, a festa do Prêmio BNB de Jornalismo em Desenvolvimento Regional, edição 2014.  De Alagoas concorrem Ana Paula Omena, do portal Tribuna Hoje, Deraldo Francisco, de O Dia – AL, e, da Rádio Difusora, Carlos Madeiro e Giuliano Martins Porto de Souza.

“La dolce vita”

Lauro Jardim, colunista de “Veja”, registra viagem de Lula ao México, em 2012, com comitiva incluindo Kalil Bittar, sócio do seu filho Lulinha. “Quem pagou? A subsidiária americana da Odebrecht quitou a fatura de 780.000 reais. No contrato com a empresa de táxi aéreo está escrito com todas as letras que nos voos de ida e volta não deveria faltar ‘vinho tinto francês de boa qualidade’,” revela.

 

* “Não vou me suicidar, não vou renunciar” disse Dilma Rousseff numa reunião com aliados. E já se fala numa parceria PMDB-PSDB para eventual governo Michel Temer. Quando a situação chega a esse ponto, não dá para esconder o fim de governo.

*Será celebrada hoje, às 19 horas, na capela do Convento dos Capuchinhos, Farol, a missa de um ano do falecimento da Procuradora de Estado e jornalista Maria José Palmeira Xavier. Como colunista social ela utilizava o pseudônimo Lilian Rose

*A Caixa de Assistência dos Advogados de Alagoas retomou pelos fóruns de Maceió a campanha de vacinação contra os vírus das gripes H1N1, H3N2 e Influenza B. Ontem foi na Justiça Estadual, hoje será na Justiça Federal e amanhã na Justiça do Trabalho.

*Em greve há 40 dias, professores da Ufal fazem assembleia hoje, 9 horas, no auditório do Centro de Interesse Comunitário, Campus A. C. Simões. Pauta: informes, análise de conjuntura nacional e local, avaliação da proposta do governo e encaminhamentos.

*O projeto “Teatro é o Maior Barato” tem como atração de hoje um show de Thiago Vasconcelos. Às 19h30m, no Teatro Deodoro, com ingressos a R$ 10,00. O projeto é realização da secretaria estadual da Cultura e da Diretoria de Teatros de Alagoas.

 

A Fundação Municipal de Ação Cultural realiza hoje e nos dias 15 e 22 de julho, sempre às 18h30m, no Centro Cultural Arte Pajuçara, oficinas para tirar dúvidas sobre os editais das Artes e do Audiovisual. O prazo para inscrições vai até 31 de agosto.

*Ágatha, que formou com Bárbara a dupla campeã mundial de vôlei de praia, no final de semana passado, na Holanda, é filha de Ida e Deraldo, que por muitos anos atuaram na seleção brasileira de vôlei. Deraldo Wanderley, alagoano, atuou no Clube Fênix.

 

“O maior risco não é a possibilidade de um impeachment. Mas de Dilma jogar a toalha.” 

Luís Nassif

Jornalista