Edmilson Teixeira

7 de julho de 2015

Viçosa; cadê o matadouro?

Pela primeira vez como prefeito, Manoel dos Passos, o Vô como é conhecido o chefe do Executivo viçosense esteve ontem na sede da AMA. Aproveitou o momento da reunião do Sebrae/AL, para falar da necessidade da Associação dos Municípios se engajar numa luta para a conclusão do Matadouro Público, órgão que está sendo erguido pelo governo alagoano em Viçosa, a fim de atender o Vale do Paraíba. “A obra está paralisada, quando restam apenas 30% para seu final”, disse. Lamentou a dificuldade enfrentada para o abate da carne bovina comercializada em Viçosa, que hoje é feito na Mafrial (Satuba), visto que o velho Matadouro está fechado há um bom tempo, por determinação da Vigilância Sanitária.    

 

Coruripe

 

Sobre dezenas de matadouros públicos alagoanos que vergonhosamente foram lacrados  nesses últimos anos, por plena falta de condições de funcionamento, detectado pela Fiscalização Preventiva Integrada, muitos prefeitos chiaram ontem na sede da AMA, sobretudo taxando o sistema de como vem sendo fiscalizado, de radical, truculento e punitivo. O prefeito de Lagoa da Canoa, Álvaro era o mais exaltado. O bom seria que  ele e os demais que se sentem como vítima, adotassem o que a Prefeitura de Coruripe fez em seu Matadouro. O órgão, segundo o prefeito Joaquim Beltrão, funciona como uma indústria, abatendo, gado, porco e carneiros e outros animais, seguindo todas as normas padrões exigidas por lei.      

 

Coruripe – sistema

 

No Matadouro de Coruripe o animal chega um dia antes de ser abatido, seguindo uma norma veterinária. O corte da carne é todo pendurado, sem contato com o chão. Existem três tanques para decantação, sistema de gás, balança eletrônica, caminhão baú para conduzir a carne para os devidos pontos comerciais. Cerca de 150 gados são abatidos nos finais de semana, somente para atender o povo do município.

 

 

Cacimbinhas

 

O presidente da UVEAL- União dos Vereadores de Alagoas, Hugo Wanderley (PMDB) está anunciando a sua candidatura a Prefeitura de Cacimbinhas em 2016. Vai testar sua força política agora no Executivo depois de dois mandatos seguidos de vereador. Fará parte do bloco que é regido pelo tio, Roberto Wanderley, atual prefeito. A tarefa de Hugo é tentar impedir o retorno do ex-prefeito, Jorge Amorim, que já anunciou que é candidato, tido como líder da oposição.  “O problema é que o Jorge enfrenta bronca de improbidade administrativa na Justiça; mas, já prevê que se não puder disputar, lançará o nome da mulher Roselma” comentou Hugo Wanderley.

 

Major Isidoro

 

Vereador Leopoldo Amaral (PSDB) avalia como positivo, os trabalhos que vêm sendo executados pela prefeita Santana Mariano. O curioso é que Leopoldo faz parte de uma família que é oposicionista a prefeita Mariano. “Eu tenho é que está ao lado do que é bom para o engrandecimento de Major Isidoro”, comentou. “A nossa bancada da Câmara é composta por 11 vereadores, desses apenas um é oposição”, disse.

 

Campanha

 

O ex-deputado federal, Antônio Carlos Chamariz vem se infiltrando por todos os municípios alagoanos, a fim de fortalecer a presença do PEN – Partido Ecológico Nacional, em Alagoas. Anda na guarda do fundador e hoje coordenador do partido, o paulista Élio Oliveira Júnior. “O PEN é um partido que foi fundado há três anos, e hoje já conta com três deputados federais e 16 estaduais. Aqui em Alagoas vamos implantá-lo em todos os municípios, a fim de ter já no próximo ano, candidatos disputando cargos de prefeitos e vereadores”, comentou Chamariz.

 

Lançamento

 

Representantes do Sebrae/AL lançaram ontem na sede da AMA, a edição de número 9 do Prêmio Sebrae Prefeito Empreendedor. Alguns prefeitos compareceram ao evento, que este ano  traz novidades como a possibilidade de inscrição em novas categorias.  O Prêmio tem como objetivo reconhecer o trabalho do gestor municipal como protagonista do desenvolvimento por meio do empreendedorismo. De 2001 até a última edição o percentual de prefeitos inscritos tem crescido muito e a expectativa do Sebrae é para que esse número chegue , em 2015,a casa dos 70% .

 

Lançamento

 

Cada município poderá inscrever até 2 projetos na premiação, sendo 1 em cada uma das seguintes categorias: Melhor Projeto;  Implementação e Institucionalização da Lei Geral; Compras Governamentais de Pequenos Negócios; Desburocratização e Formalização; Pequenos Negócios no Campo; Inovação e Sustentabilidade; Municípios Integrantes do G100 e  Inclusão Produtiva com Segurança Sanitária. As inscrições para a fase estadual podem ser feitas até o dia 12 de fevereiro do ano que vem.

 

 

Pilar

Nesta terça-feira, começa a programação da XIII Semana de Arthur Ramos, evento que  acontecerá na Casa da Cultura. Este ano, pela primeira vez haverá uma encenação teatral, onde  ator Enok Mendonça, interpretará Arthur Ramos ontem e hoje. Em meio a isso, haverá também o Festival de Poesias. Na sexta-feira, acontece o lançamento do “Coral Vozes de Pilar”, e contará com a participação do “Coral Amigos da Música”, da cidade de Maceió.

Arapiraca

Fruto da crise que assola o Brasil desde a reeleição da presidenta  Dilma, foi que ontem em Arapiraca funcionários e clientes da loja de departamento Esplanada tomaram um susto, ao se depararem com as portas do estabelecimento fechadas e um cartaz anunciando o encerramento das atividades na cidade. A loja, que funcionava desde dezembro de 2008, era instalada em três pisos de um prédio alugado na Praça Manoel André.

 

Maragogi

Prefeitos alagoanos enfrentam o dilema em meio a essa crise vivenciada no País, de reajustar o setor da Educação. Muitos já fizeram o que puderam, outros têm peitado as pressões do Sindicato da categoria. Em Maragogi, por exemplo, a Prefeitura concedeu reajuste salarial de 13% aos professores efetivos (sendo 8% retroativo a março e mais 5% a partir do mês de setembro) e 8% aos servidores do apoio e setor administrativo. O aumento faz parte da política de valorização dos profissionais.

Maragogi- apoio

De acordo com o Secretário de Educação, Gino César, a atitude do Legislativo em dar celeridade à aprovação dos projetos do Executivo, foi primordial para que a categoria fosse beneficiada. “Precisamos destacar o empenho dos nobres vereadores em aprovar essa matéria que valoriza e motiva nossos profissionais”, destacou. Ainda segundo ele, os servidores começam a receber o retroativo dos meses de março, abril e maio, nesta terça-feira.