Flávio Gomes

1 de julho de 2015

Desrespeito à lei e à História

De Daniela Martins, no Blog de Kennedy Alencar: “Foi inadequada a declaração da presidente Dilma Rousseff sobre a delação premiada de Ricardo Pessoa, presidente da UTC. Uma presidente da República tem de ser a primeira autoridade a demonstrar respeito à lei. Dilma não é Tiradentes nem os acusados pela operação Lava Jato são inconfidentes. Muito menos Pessoa, Paulo Roberto Costa, Alberto Yousseff e outros delatores investigados pela Operação Lava Jato podem ser comparados aos presos torturados na ditadura. É um desrespeito à História e à memória dos que, como Dilma, lutaram contra a ditadura militar de 1964. Se é essa a estratégia de defesa da presidente, parece que não produzirá bom resultado. A delação premiada é um mecanismo que está no ordenamento jurídico do país. É um instrumento legítimo de investigação… Dilma tem o direito de criticar as revelações de Ricardo Pessoa. Tem o direito de rebater a delação e pedir a sua anulação se provar que foi mentirosa. Seria conveniente esperar o acesso à delação premiada que cita ministros e a campanha dela para saber exatamente ao que deve responder… O problema não é a delação premiada, mas pode ser a forma como ela está sendo usada pelos investigadores da Lava Jato. Isso tudo faz parte do debate numa democracia. É bom que seja debatido. Dilma sempre fica indignada quando sua honestidade sofre questionamento. Mas um presidente precisa medir o peso das suas palavras. Ela deveria reagir com argumentos mais consistentes, não com o fígado.” 

Balanço

O governador Renan Calheiros Filho completou ontem seus primeiros seis meses de gestão. Internamente, conseguiu alguns avanços. Externamente, o que se constata como positivo é o trabalho na Defesa Social – os cidadãos já convivem com a sensação de mais segurança. No mais, não há muito o que comemorar até agora.

Mais emprego

Renan Filho está decidido a dar a alguns setores incentivos semelhantes aos que têm sido proporcionados à captação de indústrias. Casos do turismo e da agricultura. Para o governador, esses segmentos da economia podem proporcionar, se houver incentivo, bem mais empregos que o setor industrial. E emprego, para ele, é prioridade.

Chic

Algumas personalidades do mundo político, jurídico e social do Brasil e de Alagoas têm compromisso internacional no próximo final de semana, em Punta Cana, no Caribe: o casamento da filha do ministro Humberto Martins, do Superior Tribunal de Justiça. O governador Renan Filho é um dos ilustres convidados à cerimônia.

Independência

Para o deputado estadual Ronaldo Medeiros, do PT, seu partido, ao lançar o deputado federal Paulão à Prefeitura de Maceió, em 2016, está buscando espaço próprio, depois de muito tempo fazendo escada para o PMDB. É o que ele diz ao programa Conjuntura, da TV Mar, Canal 25 da NET, que vai ao ar hoje, 12h30m, com reprises.

Desassombro

O presidente do Tribunal de Contas, Otávio Lessa, tem tomado atitudes que causam surpresa a muita gente. Inclusive servidores do próprio tribunal. A mais recente: abertura de inquérito administrativo para apurar a ausência ao trabalho de inúmeros servidores. Alguns com altos salários e sobrenomes ilustres.

Disputa

Revela Roberto Vilanova, em seu blog, na Gazetaweb, que Fernanda Marilena será a candidata da situação à presidência da OAB/AL, para suceder Thiago Bonfim. Pela oposição, segundo ele, Marcelo Brabo será candidato a presidente, com Fernando Maciel de vice e Omar Coêlho e Welton Roberto conselheiros federais.

Ensinamento

De Joaquim Barbosa, ex-presidente do STF: “Assessoria da Presidente deveria ter lhe informado o significado da expressão 'law enforcement': cumprimento e aplicação rigorosa das leis. Zelar pelo respeito e cumprimento das leis do País: esta é uma das mais importantes missões constitucionais de um presidente da República! (…) 'Colaboração' ou 'delação' premiada é um instituto penal-processual previsto em lei no Brasil! Lei!!!”

 

*Vilmar Pinto, atual presidente, e Manoel Sant’Ana, ex-presidente, disputam hoje o comando do CRECI- Conselho Regional dos Corretores de Imóveis. Da última vez em que se enfrentaram, Vilmar foi eleito com diferença de apenas 3 votos.

*A Aliança Comercial de Maceió empossa hoje o empresário Guido Santos Júnior como seu presidente, para um substituindo Olinto Ozório. Na cerimônia, às 19h30m, Luiz Antônio Jardim, sócio-executivo da Casas Jardim, receberá a Comenda Joaquim Leão.

* O Tribunal Regional Federal da 5ª Região ficou em primeiro lugar, na categoria desempenho, do 4º Prêmio Índice de Desempenho da Justiça, do Instituto Brasiliense de Direito Público. Motivo: foi o tribunal de melhor desempenho funcional em 2013.

*A Secretaria Estadual do Desenvolvimento Econômico e do Turismo apresenta hoje, às 16 horas, em sua sede, a campanha “Turismo Week Nordeste”, da CTI/Nordeste, em parceria com a Braztoa – Associação Brasileira das Operadoras do Turismo. 

* O grupo “Claricena” apresenta hoje, às 19h30m, no Teatro Deodoro o espetáculo “Espectro”. É mais uma etapa do projeto “Teatro é o Maior Barato”. A peça é inspirada na obra “A Pecadora Queimada e os Anjos Harmoniosos”. Contato: 99608-3803.

*O Cine Arte Pajuçara recebe hoje a exposição “'O corredor de rua e suas emoções reveladas através de arquivos digitais”, do advogado e corredor Djalma Mello e do fotógrafo esportivo Maivan Fernández. Às 19 horas, aberta ao público.

*Faleceu anteontem, aos 95 anos, o advogado Valed Perry, um dos precursores do Direito Esportivo no Brasil. Por muito tempo, seu entendimento foi inquestionável. A convite da ACDA, ele esteve em Maceió, nos anos 80, para uma palestra.

 

“A presidente da República ou não está raciocinando adequadamente ou acredita que pode continuar a zombar da inteligência dos brasileiros”

Aécio Neves

Senador do PSDB-MG, sobre Dilma Rousseff dizer que não respeitava delatores porque colegas delas na resistência à ditadura foram forçados a se tornar delatores