Roberto Baia

22 de Maio de 2015

Oposição

O vereador Cacau, que faz oposição à gestão do prefeito Cristiano Matheus (PMDB) em Marechal Deodoro, presidente uma comissão que inspecionou escolas municipais. Situações delicadas foram encontradas nas salas de aulas. Todo o material será apresentado hoje na Câmara de Vereadores do município. Cacau ressalta que já convidou o Ministério Público Estadual para participar da apresentação e lembra que a educação municipal foi abandonada pelo gestor.

Sem transparência 

O prefeito Cristiano Matheus disse à reportagem da Tribuna Independente que a sua gestão é transparente em Marechal Deodoro. A informação foi contestada pelo vereador Cacau, que por sua vez, lembrou que os secretários da gestão municipal foram chamados pelo Legislativo para explicar como o município está investindo os recursos públicos. No entanto, nenhum titular das pastas compareceu à Câmara de Vereadores.

Bem avaliada

A prefeita de Mar Vermelho, Juliana Almeida (PMDB) está bem avaliada em Alagoas. Quando o assunto é a dedicação por seu município, a gestora tem recebido respaldo pela população. Na semana passada, em contato com o governo estadual, a prefeita conseguiu da Secretaria de Estado do Meio Ambiente e dos Recursos Hídricos que um mapeamento fosse realizado na cidade para que posteriormente todas as nascentes sejam recuperadas, principalmente nas regiões dos povoados.

Vaga para quem?

Servidores da Assembleia Legislativa do Estado estão criticando a Mesa Diretora, presidida pelo deputado Luiz Dantas porque as vagas de estacionamento da ALE estão numeradas. Entretanto, o problema não é este. O que acontece é que as vagas no estacionamento estão destinadas a servidores que não trabalham. “Nenhum carro é estacionado aqui. A vaga parece ser de um servidor fantasma”, reclamou uma servidora que não quis se identificar.

Ritmo lento

E a presidência do deputado Luiz Dantas na Assembleia Legislativa começa a ser contestada. O ritmo lento dos trabalhos tem incomodado aos parlamentares, que aos poucos começam a criticar. O último a usar o microfone para contestar algumas ações foi o deputado Olavo Calheiros (PMDB). Já o deputado Luiz Dantas parece não se importar com o que é falado.

Importância?

Parece que o Tribunal de Justiça do Estado de Alagoas não está se importando com a tramitação do projeto relativo à 17ª Vara Criminal da Capital, ainda em análise de vetos na Assembleia Legislativa do Estado. Enquanto os parlamentares demoram a apreciar os vetos, a presidência do TJ apenas acompanha as discussões, não abrindo qualquer diálogo com os parlamentares.

Guerra no Sertão

O prefeito de Mata Grande, Jacob Brandão (PP) já deu o recado ao prefeito Celso Luiz (PMDB), de Canapi. Brandão avisa que seu opositor precisa cuidar mais do seu município ao invés de tentar tomar Mata Grande de seu povo. Celso Luiz é considerado um ‘forasteiro’ no município, no entanto, já conseguiu tomar alguns espaços, inclusive na Câmara de Vereadores.

Retorno

O ex-prefeito de Taquarana, Alay Correia, já prepara o terreno para disputar a prefeitura novamente no próximo ano. Alay informou a alguns correligionários que tem sido chamado para disputar o cargo, porém, ainda é preciso montar um grupo para colocar uma campanha forte nas ruas. Segundo ex-prefeito, o momento é de análise.

Convite

Em reconhecimento ao trabalho executado na Comissão de Ciência e Tecnologia, Comunicação e Informática da Câmara Federal, o deputado JHC recebeu, da Diretoria de Políticas Públicas do Facebook no Brasil, o convite para visitar a sede da instituição, nos Estados Unidos, no Vale do Silício, na Califórnia. No contato feito pelo diretor de Políticas Públicas, Bruno Magrani, destaque para o interesse do jovem parlamentar e da Comissão em relação ao internet.org, uma iniciativa que compreende diversos projetos que vão desde o desenvolvimento de tecnologias para expandir o acesso à internet até a oferta de serviços gratuitos básicos para auxiliar as pessoas a descobrir os benefícios da conectividade.

Concurso

O Tribunal de Justiça de Alagoas (TJ/AL) lançou edital de concurso para magistrados, que oferece 20 vagas. O processo será conduzido pela Fundação Carlos Chagas e terá 5 etapas, com a primeira prova, objetiva, sendo aplicada no dia 9 de agosto. O edital será publicado no Diário da Justiça de amanhã. Em solenidade no plenário do TJ, o desembargador presidente, Washington Luiz Damasceno Freitas antecipou que uma boa parte dos aprovados para as vagas serão nomeados imediatamente após concluído o concurso, e os demais assim que for possível, tendo em vista a disponibilidade do orçamento. É possível que um número superior ao de vagas seja convocado.

* Os pedidos apresentados por governadores à Comissão Especial do Senado que vai tratar do Pacto Federativo são os mesmos da pauta de reivindicações dos Municípios. Os itens apontados pelos chefes dos Estados integram também o documento Propostas Municipalistas da XVIII Marcha a Brasília em Defesa dos Municípios,entregue aos parlamentares. O que mostra que Estados e Municípios querem a mesma coisa: reformulação no atual modelo federativo.

* A Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania (CCJ) aprovou projeto de lei (PLS 199/2015) que regula a criação, incorporação, fusão e o desmembramento de Municípios. Esta é a terceira tentativa de regulamentação do assunto pelo Senado depois que duas propostas foram vetadas integralmente em 2013 e 2014. A proposta teve parecer favorável do relator, senador Valdir Raupp (PMDB-RO), e segue para votação no Plenário do Senado.

* O ponto de partida para a criação de novos Municípios, de acordo com esse projeto, será a apresentação de requerimento à assembleia legislativa estadual, apoiado por 20% do eleitorado da área alvo de emancipação ou desmembramento ou 3% dos eleitores de cada um dos municípios com pretensões de fusão ou incorporação.

NIGEL SANTANA – INTERINO

Nigeljornalista@gmail.com