Edmilson Teixeira

22 de Maio de 2015

Barra de Santo Antônio em alta

 

Cerca de 80 crianças e adolescentes de famílias pobres da Barra de Santo Antônio estão fazendo parte de um programa desenvolvido pela a Secretaria de Ação Social, que vem se tronando modelo em Alagoas. Trata-se do “Trampolim”. “O nosso foco é ocupar no turno diferenciado do escolar, alunos de 5 a 17 anos; preenchendo a semana  de  segunda a sexta-feira, sobretudo desenvolvendo um pacote de atividades esportivas que têm agradado a todos, a fim de distanciá-los do mundo das drogas e do crime” conta emocionado o professor e comandante dos trabalhos, o  Gilvan Círiaco, isso porque o prefeito Rogério Farias, disponibilizou uma casa exclusiva para o projeto. A residência  é dotada de piscina, campo de vôlei, equipamentos para o trampolim, mesa de jogos, além de espaços para  aulas de artes marciais.  Gilvan é educador social, pentacampeão pernambucano e bicampeão brasileiro de ginástica olímpica e trampolim acrobático.  

 

Barra de Santo Antônio- mundial

 

Gilvan Círiaco  recentemente foi contratado pela Prefeitura, e é  tido nacionalmente como um dos mais conceituados profissionais que lida nesse segmento, cujos seus projetos são reconhecidos até na Universidade de São Paulo-USP, onde lá foi apresentado  numa  Tese de Doutorado.  Para que se tenha uma ideia, muitos de seus alunos de outras cidades que  Gilvan já trabalhou, tiveram a oportunidade  de se apresentar no badalado Cirque du Soleil, empresa canadense criada há 31 anos, onde hoje  tem mais de cinco mil colaboradores de 40 países diferentes, incluindo mais de 1.200 artistas.    

 

 

Campo Alegre

 

Entre as várias estratégias utilizadas no dia-a-dia para que o conteúdo didático seja absorvido de maneira satisfatória, uma que se destaca é a conexão das teorias trabalhadas em salas de aulas com práticas reais. Na rede municipal de ensino foi construído um ambiente propício, a fim de explorar a relação das crianças com a natureza fazendo com que as mesmas criem hábitos sustentáveis e ecologicamente corretos, através do Projeto Horta Escolar.

 

Cajueiro        

Cajueiro vive momento festivo nesta sexta-feira, pela passagem da emancipação política do município, que há 57 anos se desgrudou  de Capela. Uma vasta programação vai tomar conta da cidade  até o domingo,  visto que foi  reativado este ano pela prefeita Lucila Toledo a festa  do  “Lengo Tengo”. O evento para os organizadores é tido como  o “São João fora de época”.  A partir das 22h, o palco musical receberá as bandas: Forró da Pegação, PV Melo e Luan Estilizado. Amanhã têm: Banda a Moda, Som Brasil, Badalada e Forró dos Play.

Porto de Pedras

Próximo dia 31, servidores públicos do município  de Porto de Pedras vão as urnas  eleger o futuro presidente do Sindicato da categoria. A votação ocorrerá na Colônia dos Pescadores da cidade durante o período da manhã.  

Capela

Prefeito Eustaquinho Moreira inaugura na manhã desta sexta-feira, o serviço de abastecimento de água que vai atender a comunidade que reside no ponto mais alto da cidade; onde por sinal a região se chama de Rua do Alto. Disse que os moradores agora não vão enfrentar o problema da falta d’água, porque o produto agora vem do cume da região. “Antes havia problema de a água chegar às casas, porque ela partia de baixo para cima; agora vai ser o contrário”, esclareceu. Lá vão estar o secretário de Estado Alexandre Aires e o federal Marx Beltrão.

Arapiraca

Durante esta sexta-feira, a Edufal  estará realizando o II Feirão do Livro, no Campus  da Ufal lá em Arapiraca. O evento acontece em meio  a realização do 1º Congresso de Inovação Pedagógica em Arapiraca. O público poderá comprar mais de cem títulos, de várias editoras parceiras da Edufal, com até 15% de desconto.  Todas as obras que possuem selos da Edufal recebem descontos de 30% a 50%.

 

Penedo

Prefeito Marcius Beltrão  assinou ontem, a ordem de serviço, que é  um pacote de obras que vai garantir de uma tacada só a pavimentação e drenagem de 14 ruas, o que  passa a ser , segundo sua assessoria,  o maior projeto de calçamento já realizado na cidade. “Hoje é apenas o início desta dinâmica de calçamento de ruas. Nós estamos iniciando com três  contratos, na ordem de 2,2 milhões, mas ao todo neste programa são 6,3 milhões até sua conclusão” disse o secretário de Infraestrutura e Obras, Valmir Lessa.

 

Triste quadro

 

É crítica à situação do Programa Especial para Formação de Servidores Públicos (Proesp) em Alagoas, comandado pela UNEAL- Universidade Estadual de Alagoas. Sobre o problema, o reitor Jairo Campos expôs a preocupação. Alertou que com cerca de 1.100 estudantes e 50 entes conveniados, entre câmaras municipais, prefeituras e governo do estado, o programa pode ter suas atividades paralisadas em virtude da falta de repasses.

 

Triste quadro- relação

 

O gestor de convênios do Proesp, professor Deyvson Cavalcanti, ressaltou que, apenas da Prefeitura de Arapiraca, estão atrasados oito meses de pagamentos, que totalizam mais de R$ 360 mil. Além dos débitos, há casos que falta, inclusive, acesso aos gestores para negociar. Os municípios que apresentam situação mais crítica, além de Arapiraca, são Anadia, Traipu, Campo Alegre, Barra de São Miguel, Girau do Ponciano, Estrela de Alagoas, Maribondo, São José da Tapera, São José da Laje, Murici e União dos Palmares.

 

União dos Palmares

Além do Proesp, o reitor da UNEAL, Jairo Campo frisou ainda uma série de dificuldades enfrentadas pela instituição, como a paralisação das obras do prédio próprio do Campus V, em União dos Palmares, devido à suspensão dos empenhos pelo governo estadual. Orçado em mais de R$ 7,6 milhões, o projeto começou a ser executado, mas está paralisado desde fevereiro, por falta de pagamento.