Flávio Gomes

19 de Maio de 2015

O juiz malabarista

Do jornalista SandroVaia: “… A polêmica em torno da nomeação de Luiz Edson Fachin para o STF só vai terminar – ou quem sabe aumentar mais ainda- com a votação do dia 19. Não há dúvida, porém ,que a sabatina a que o magistrado paranaense foi submetido pela Comissão de Constituição e Justiça do Senado deixou patente que ele tem um talento extraordinário para o contorcionismo retórico… A indicação de Fachin por Dilma Roussef tornou-se uma polêmica nacional basicamente por três motivos: 1) a sua adesão pública e entusiástica à candidatura da presidente à reeleição, mostrada em um vídeo de campanha onde ele diz ter escolhido ‘um lado’ e faz um inequívoco e entusiasmado proselitismo a favor da candidatura oficial.2) a acusação, corroborada por um parecer interno da área jurídica do Senado, de que ele ocupou o cargo de procurador do Estado do Paraná ao mesmo tempo em que exerceu a advocacia privada, o que é proibido pela constituição daquele Estado. 3) a sua atuação como advogado do MST e uma série de declarações e textos polêmicos em trabalhos acadêmicos, artigos e prefácios de livros, a respeito do direito de propriedade e sobre a constituição da família, que permitiram aos adversários de sua nomeação classificá-lo como uma espécie de ‘neoconstitucionalista’ com viés ideológico de esquerda, disposto a adaptar as suas decisões não ao texto da Constituição e das leis, mas às conveniências políticas do governo que o indicou e dos grupos de pressão organizados.

Provocação

Ilimar Franco, “O Globo”: “Foi tensa a conversa entre o presidente do Senado, Renan Calheiros, e o ex-presidente Lula, na quinta-feira. Renan manifestou preocupação com os rumos da Lava-Jato e protestou com veemência contra a recondução de Rodrigo Janot à PGR. Ele acredita que Janot é um instrumento do Planalto para pressioná-lo. E desabafou: ‘A Dilma está fazendo isso para me afrontar’.” 

Mão dupla

Uma foto de Renan Calheiros estampa a capa da recente edição da “Época”, junto à chamada da matéria principal da revista: “O inimigo numero 1 do governo”.Dentro, o título da reportagem, em letras enormes: “O maior inimigo do governo Dilma”. Pode ser bom para o senador, mas ruim para Renan Filho, pois seu governo depende da União.

Suspeição

Segundo a “Folha de São Paulo”, o empresário Ricardo Pessoa, dono da UTC, disse ao Procurador Geral da República, Rodrigo Janot, em delação premiada, que a doação de R$ 1 milhão, feita pela empresa à campanha de Renan Filho ao governo, tratava-se, na verdade, de propina paga para manter contratos com a Petrobras. O governador nega.

Posição

Deputado federal Cícero Almeida (PRTB/AL), justificando seu voto contra o ajuste fiscal: “Há várias formas de buscar, de conseguir um encaminhamento melhor sem mexer no direito do trabalhador, que se dedicou toda a vida, com descontos no salário, para pagar a aposentadoria antecipada. O trabalhador não pode ser penalizado.”

A conferir

O jornalista Bernardino Souto Maior revela em seu blog, no Cada Minuto, que hoje o TSE julga, de forma definitiva, caso em que o médico Fernando Sérgio Lira pleiteia o mandato de Henrique Madeira, prefeito de Maragogi. Diz BSM que Fernando Sérgio, ex-prefeito, deverá reassumir o cargo, pois vencerá a questão.

Recondução

O professor Rogério Teófilo, ex-deputado e ex-secretário estadual da Educação e da Articulação Política, foi reeleito presidente do PSDB em Arapiraca. A executiva tucana conta ainda com os empresários Francisco Azevedo e Marcelino Alexandre, além do ex-prefeito João Nascimento e da ex-vereadora Valquíria Brandão, dentre outros.

Mensagem

De Joaquim Levy, ministro da Fazenda, em recado claro aos parlamentares e a nós, contribuintes: “Toda a vez que se cria um gasto novo obviamente, está se contratando novos impostos. Por isso, é muito importante na hora que as coisas são votadas que não se esteja criando novos gastos, porque isso vai implicar em novos impostos.”

 

*No final de semana a medicina alagoana perdeu um dos seus profissionais mais conceituados, com a morte do professor e cirurgião pediátrico Walter Lima, aos 75 anos de idade. O sepultamento foi domingo, pela manhã, no cemitério Parque das Flores.

*Acontece hoje, 8h30m, horas, o lançamento da sexta edição do Prêmio Sincor de Jornalismo Alberto Marinho. O evento será na sede do Sindicato dos Corretores de Seguro de Alagoas, na Rua Goiás, 12, Farol, para profissionais da comunicação.

* Será aberto hoje, por Alagoas, o 5º Ciclo de Capacitações do Selo UNICEF Município Aprovado Edição 2013- 2016, com apoio Petrobras, grupo Neoenergia e Fundação Telefônica. A partir das 8 horas, no Planetário e Casa das Ciências, em Arapiraca.

*Pacientes atendidos pelo Centro de Atenção Psicossocial para Dependentes Químicos de Arapiraca apresentam trabalhos, desde ontem e até 6ª, 22, no Centro Administrativo Municipal, em da Semana de Comemoração de Luta Antimanicomial.

*O Dia da Luta Antimanicomial será lembrado hoje, 9 horas, no Centro de Formação de Professores de Viçosa, com atividades da Academia da Saúde, apresentação do Pastoril do CAPS, depoimentos de usuários e apresentação da Banda Afro Gurungumba.

*Hoje tem Vitória BA x ASA, pela Copa do Brasil, 19h30m, em Salvador. Vitória ou empate sem gols garante a classificação aos baianos; empate em 1×1 (resultado do jogo anterior) leva para os pênaltis. O ASA tem de ganhar ou empatar por dois gols ou mais.

*Assim como aconteceu contra o Grêmio, pela Copa do Brasil, o time do CRB entrou em campo “desligado”, contra o Botafogo, e sofreu nova goleada, agora de 4×1, pela Série B do Brasileiro. Recuperação total só com boa atuação contra o Bahia, sábado.

 
“Se pela primeira vez em mais de um século o Senado rejeitar um nome para o STF o feito será atribuído a Renan”
Ricardo Noblat
Jornalista