Edmilson Teixeira

18 de Maio de 2015

Capela / Vale do Paraíba

Durante a manhã de ontem,  a  secretária de Estado da Saúde, Rozângela Wyszomirska, coordenou em Capela, a reunião da Comissão Integestora Regional, com integrantes dos noves municípios que compõe a 4ª Região de Saúde. O encontro teve como propósito analisar e consolidar a pactuação e reorganização das redes de Atenção à Saúde, com a criação de um Plano Piloto que visa atender os municípios do Vale do Paraíba.  Pelo projeto, serão definidas as referências para os serviços de obstetrícia, saúde mental, exames de imagens e a Rede de Urgência e Emergência, além de investimentos financeiros e de equipamentos.

 

Capela – avaliação

 

Para o prefeito de Capela, Eustaquinho Moreira, o projeto Piloto da 4ª Região de Saúde é um marco histórico e demonstra a vontade política do governo e o esforço dos gestores e técnicos da saúde, numa parceria exitosa. “Isso representa a capacidade técnica de todos os setores envolvidos e que vai trazer benefícios e avanços dos serviços de saúde da região”, disse.

 

Hospitais  

Está pautada para segunda-feira na sede da AMA, uma reunião com os prefeitos  que enfrentam problemas para manter seus hospitais com recursos próprios. Os gestores lamentam que os recursos repassados pela União e pelo Estado continuam insuficientes, acarretando em mais uma sobrecarga para os municípios. Os prefeitos entendem que fechar as unidades de pequeno porte ocasionará perdas e prejuízos para a população.

 

Hospitais – presença

Além dos prefeitos, estarão no evento  o Conselho de Secretários Municipais de Saúde e a secretária estadual Rosângela Wyszomirska  para que as diretrizes da política hospitalar sejam revistas para adaptar as estruturas existentes e dar resolutividade nas regiões. Para o Estado, os hospitais de pequeno porte, principalmente os de até 50 leitos, têm um grande papel social porque funcionam de forma referencial e podem ser estruturados para atendimento qualificado, tornando desnecessário o deslocamento de pacientes para outras cidades ou mesmo para evitar a superlotação do HGE.

 

Campo Alegre

Servidores da Saúde cobram reajuste salarial da Prefeitura. Na quinta-feira, a categoria se reuniu com a prefeita Pauline Pereira e alguns vereadores. Eles  foram pedir celeridade na questão que desde o começo do ano vem rolando sem medida alguma ser tomada até agora. A prefeita relatou o drama vivenciado pelo município quanto à crise do repasse do FPM. Mesmo assim, ofereceu um reajuste na casa dos 6,5%. A proposta foi aceita por todos.  

 

Olho d’Água

Durante o primeiro horário de amanhã,  a Eletrobras estará  com suas equipes técnicas nas cidades de Olho d’Água das Flores e  Olivença. Vão fazer serviços de  manutenções preventivas na rede elétrica que alimenta aquela região, visando melhorias na qualidade do fornecimento de energia elétrica. Os técnicos irão instalar novos equipamentos adequados para melhorar o nível tensão de energia. Os trabalhos de manutenção serão realizados durante toda manhã, mesmo após o período de desligamento e restabelecimento da energia.

Sangue

Os técnicos que integram a Hemorrede Pública de Alagoas em Maceió, Arapiraca e Coruripe participaram na quinta-feira , de um curso sobre técnicas avançadas de imuno-hematologia, com a finalidade de assegurar que pacientes internados nas maternidades e hospitais do SUS não apresentem rejeição após transfusões de sangue. A capacitação, ministrada pela biomédica e mestra em análises clínicas da consultoria paulista Bio-Rad, Ana Lúcia Girello, ocorreu no Sindicado dos Médicos de Alagoas.

 

Sangue- referência

 

Durante o curso foram abordadas as principais ferramentas laboratoriais para identificação de anticorpos irregulares e apresentados estudos de casos sobre o tema. A diretora da Hemorrede, Verônica Guedes, disse que o curso representou mais um investimento na qualificação dos técnicos que atuam nas unidades públicas de hemoterapia de Alagoas. “O nosso foco é a excelência e, por isso, o Hemoal, Hemoar, a UCT de Coruripe e as Agências Transfusionais dos hospitais públicos alagoanos são sinônimos de eficiência, agilidade e qualidade no atendimento aos usuários do SUS”, destacou a diretora.

 

Palmeira dos Índios

 

Denúncias realizadas pela população levou a Vigilância Sanitária de Palmeira dos Índios a acabar com um ponto que estava servindo para descarte irregular de lixo. Equipes do órgão estiveram em diversas localidades da cidade e flagraram, em um dos pontos, até animais mortos em estado de decomposição.

 

Água

 

A primeira edição do troféu 'Alagoas Verde' acontece neste sábado  em Maceió, às 18h, na Casa da Indústria, que fica na avenida Fernandes Lima, no Farol. Além de comemorar os 27 anos do Instituto do Meio Ambiente, a premiação é uma homenagem ao mês do Meio Ambiente. Estendendo-se até o dia 16 de junho, uma programação especial será realizada  por diversos municípios com ações que vão de passeios ciclísticos a coletas e análises de água da laguna Mundaú. 

 

Água – cardápio

 

Com a temática “Água”, a gratificação reconhecerá pessoas e empresas que melhor contribuíram com ações para a preservação da biodiversidade nas categorias: organização social, órgão público, turismo, indústria, serviços, comunicação, academia e máster – essa última sendo a mais importante.

 

União dos Palmares

Uma enquete  postada no site  Tribuna União, envolvendo cinco possíveis candidatos a Prefeitura de União dos Palmares para  as eleições de 2016, aponta  até ontem às 17h, o ex-prefeito Kil na liderança com 39%, ou seja 781 votos. Carla Thereza aparece em segundo lugar com 34% (685 votos). Adelino Ângelo obteve 1%, (13 votos) e Carlos Leão não decolou, com 0%, (5 votos)