Flávio Gomes

10 de Maio de 2015

Freud explica?

Do jornalista Jorge Oliveira: “O jornalista Ricardo Kotscho, um dos amigos mais próximos de Lula, seu assessor de imprensa no primeiro governo, resolveu jogar a toalha e criticar publicamente o ex-presidente de quem foi confidente por várias décadas, desde que cobria para o Jornal do Brasil as greves do ABC lideradas pelo companheiro. Kotscho, um profissional brilhante, não se conteve nas críticas ao analisar, em artigo no Diário do Poder, o discurso retrógrado de Lula no Dia dos Trabalhadores, falando para uma plateia vazia e desmotivada. ‘Lamento muito dizer, mas o discurso de Lula também não tem mais novidades, não aponta para o futuro. Tem sido muito repetitivo, raivoso, retroativo, sempre com os mesmos ataques à mídia e às elites, sem dar argumentos para seus amigos e eleitores poderem defendê-lo dos ataques.Não que Lula deixe de ter caminhões de razões para se queixar da imprensa, desde que o chamado quarto poder resolveu assumir oficialmente a liderança da oposição e fechar o cerco contra os governos petistas’… As últimas reações do ex-presidente em tentar jogar contra o povo brasileiro o exército vermelho de Stédile, as bravatas de que ‘sou bom de briga e que não se metam comigo’ e de que é o gênio transformador da humanidade mostram claramente a sua mente confusa e nos leva a uma constatação: Lula não estava pronto psicologicamente para ser presidente. As consequências desse despreparo intelectual e politico estão surgindo agora quando ele mostra total obsessão ao poder, um processo que tende a se agravar e transformá-lo num dependente manicomial…”

 

Obstáculo

A trajetória do hoje deputado federal Cícero Almeida recomenda que ninguém deve subestimá-lo, politicamente. Ele é um ser solitário na política, não tem grupos, mas as sondagens indicam que tem boas chances se quiser voltar à Prefeitura de Maceió. O seu calo chama-se Renan Calheiros, que controla o PRTB, ao qual o ex-prefeito é filiado.

Ao futuro

Almeida tem dito que pretende concorrer à prefeitura. E só não será candidato se o PRTB lhe negar legenda, como negou para a disputa ao governo ou à vice, em 2014. A saída: encontrar pretexto jurídico para mudar de partido. Ninguém se engane: se for possível disputar, o ex-prefeito será apoiado por muitos políticos que hoje o rejeitam.

Exceção

Na contramão da crise, foram criados em Arapiraca quase dois mil novos empregos de janeiro a março deste ano, segundo matéria da revista “Exame”, em versão online. O que mostra a pujança econômica do município, que durante muito tempo foi dependente apenas do fumo. A prefeita Célia Rocha tem sido muito cumprimentada por isso.

Decidido

Tácio Melo, superintendente da SMTT, disse à TV Mar, programa “Conjuntura”, que é para valer, sem retrocesso, a implantação de ciclofaixas na Rua Deputado José Lages e de faixa própria para ônibus nas Avenidas Comendador Leão e Dona Constança. Disse mais que não haverá nenhum prejuízo para clientes nem para comerciantes.

Privilegiado

Um advogado foi preso em flagrante, há alguns dias, acusado de participar de esquema de negociação de sentença. Sob o argumento de não haver sala especial disponível, foi-lhe concedida prisão domiciliar. Professor, ele obteve autorização para dar aulas e foi liberado para cursar mestrado, em Aracaju. Como diz o matuto, “assim é bom demais…”

Você sabia?

Ancelmo Góis, “O Globo”: “A embaixatriz Lúcia Flecha de Lima é descendente direta de Cândido José de Araújo Viana (1793/1875), o Marquês de Sapucaí, que deve ser o enredo da Beija-Flor no carnaval de 2016. O marquês cuidou da educação da Princesa Isabel, foi ministro da Fazenda e presidente das províncias de Alagoas e do Maranhão.”

Mea culpa

Do senador Jorge Viana (PT/Acre), vice-presidente do Senado, ao “Brasil Econômico”: “O PT se arrisca quando repete na política aquilo que os velhos partidos fazem. O PT tem que se cuidar para não perder a vergonha”. E mais: “O custo da governabilidade é alto demais para quem governa. Este modelo de coalizão está com a validade vencida”.

 

*Dia das Mães é oportunidade de confraternização em família. O Hotel Ponta Verde anuncia para hoje almoço (camarão, salmão, filé e sobremesa), do meio-dia às 15h30m, a R$ 49,00 por pessoa. Criança até 10 anos não paga. Contato: 2121.0040.

*O programa “Aplauso” de hoje prestará uma homenagem especial às mães, contando a história do Dia das Mães e apresentando alguns grandes sucessos de mães cantoras. Inclusive, alguns duetos de mães e filhos. Das 10 horas ao meio-dia, na Educativa FM.

*A Prefeitura de Arapiraca promove, com apoio do Fundo das Nações Unidas Para a Infância (Unicef), outra edição da “Semana 100% Mamãe Bebê”. O evento acontece de hoje até 6ª feira, 15, com atividades voltadas para mães gestantes ou no pós-parto.

* Amanhã, às 14 horas, no Tribunal Regional do Trabalho da 19ª Região, em Maceió, acontece nova audiência entre o Sindicato dos Jornalistas e representantes patronais, na discussão por reajuste salarial. O Sindjornal propõe reajuste de 14%, a partir de maio.

* A Pró-reitoria de Gestão de Pessoas e do Trabalho da Ufal recebe, somente até amanhã, inscrições ao concurso de professor da Faculdade de Medicina e do curso de Medicina do Campus Arapiraca. Os salários variam de R$ 2.173,85 a R$ 8.639,50.

 

*De amanhã ao dia 15 empreendedores de Palmeira dos Índios receberão orientações sobre práticas de gestão e inovação em negócios, na primeira edição da Oficina Sebrae de Empreendedorismo no município. Sempre às 19 horas, na casa de eventos Aquarius.

*Ainda tem torcedor do CSA lamentando que o time tenha empatado com o CSE, em 1×1. Se o CSA tivesse perdido o CRB não teria ido à disputa pelo título de campeão de Alagoas de 2015, que conquistou. E hoje a torcida azulina estaria livre das gozações.

 

“Não há fato nem nada concreto. É só um gesto político. O que existe é um mau governo”.

 Lúcio Vieira Lima

 Deputado federal do PMDB/BA, da ala do partido que faz oposição ao governo Dilma