Edmilson Teixeira

8 de Maio de 2015

Santa Luiza do Norte

O badalado Festival dos Crustáceos criado em 1988 e que teve ao longo desse período apenas 10 edições, está com seus dias contados para retornar ao batente. É que seu idealizador, o ex-vereador Pedro Soares, o “Pedão” esteve esta semana com o prefeito João Pereira tratando desse assunto, além de outras reivindicações de interesse popular. “Tratamos verbalmente do nosso Festival, e o prefeito se mostrou bastante interessado em apoiar a nossa ideia”, disse Pedão, considerado pela mídia alagoana como o maior divulgador cultural de todos os tempos de seu município. Paralelo a função de servidor estadual, hoje  Pedão leva uma vida de artista, dedicado seu tempo, fazendo poesias e cantando músicas românticas.   


Pilar

Uma grande festa para marcar a chegada do Dia das Mães, acontecerá no sábado a partir das 16h, no Loteamento Manguaba, na Chã do Pilar, evento que está sendo articulado pela Prefeitura pilarense. A cantora Rose de Paula foi escalada par abrilhantar o evento. Estarão disponíveis brindes; como: geladeira, fogão, sofá, sala de jantar, ventiladores, TV entre outros.


Arapiraca 

“Como o Governo de Alagoas pode ajudar no processo de desenvolvimento na Região Agreste?” Essa foi a pergunta lançada aos presentes na Oficina Regional para construção do Plano Plurianual Participativo (PPA), do período de 2016-2019, realizada na terça-feira, em Arapiraca.

Arapiraca – conteúdo

Dividida em quatro eixos, a dinâmica que envolveu representantes da Secretaria de Estado do Planejamento, Gestão e Patrimônio  e representantes de 14 municípios agrestinos, trabalhou as áreas de Desenvolvimento Setorial, Popular, Urbano e Social, discutindo prioridades do agronegócio, turismo, mobilidade urbana, saúde e educação.

Dados acidentais

O Hospital Geral do Estado (HGE), referência para os atendimentos de alta complexidade em Alagoas, elaborou uma estatística com o levantamento dos 20 municípios que mais encaminham pacientes para a unidade hospitalar em 2014, com exceção da capital. De acordo com o Serviço de Arquivo Médico e Estatístico (Same), Rio Largo ocupou a primeira colocação, com 669 pacientes; seguido por Marechal Deodoro, com 544 e por União dos Palmares, com 491.

Dados acidentais – outros

Na sequencia aparecem Pilar, São Miguel dos Campos, São Luiz do Quitunde, Matriz de Camaragibe, Porto Calvo, Murici, Boca da Mata, Teotônio Vilela, Joaquim Gomes, Messias, Cajueiro, São José da Laje, Barra de Santo Antônio, Passo do Camaragibe, Paripueira, Flexeiras e Santa Luzia do Norte. Ainda de acordo com o relatório da Same, o HGE atendeu 117.464 pacientes da capital e 36.621 do interior.

Batalha

Todos os preparativos estão sendo tomados para a reabertura da Camila, lá em Batalha. A ação beneficiará cerca de 4 mil famílias de agricultores familiares que integram a Cooperativa de Produção Leiteira de Alagoas (CPLA). A Codevasf  é o órgão federal que acatou os projetos  investindo em  mais de R$ 16 milhões na aquisição de máquinas e equipamentos que fortalecerão a cadeia produtiva do leite em Alagoas. Há mais de seis anos, a Camila que foi erguida nos anos 70, teria falido ocasionando um grande problema social na região.

 

Batalha

 

Agora, voltando de cara moderna e com uma visão empreendedora sem igual, a previsão é que com os investimentos, o leite produzido por milhares de famílias poderá ser transformado em produtos de alto valor agregado; como o leite em pó, o leite condensado, o creme de leite, o iogurte cremoso, entre outros produtos lácteos. Com certeza, isso vai gerar mais renda, sobretudo auxiliando na fixação das famílias no campo.

 

Palmeira dos Índios

 

De segunda a sexta da próxima semana, empresários e empreendedores de Palmeira dos Índios terão a oportunidade de receber orientações sobre práticas de gestão e inovação em negócios através de palestras, oficinas e dinâmicas em grupo. Isso por conta da primeira edição da Oficina Sebrae de Empreendedorismo (OSE) no município. O evento será realizado na casa de eventos Aquarius, das19h às 22h.

 

Palmeira- exposição

 

Por falar em Palmeira, termina amanhã  na Praça da Independência,  uma exposição com móveis feitos por oito empresários atendidos pelo Arranjo Produtivo Local (APL) Móveis do Agreste. O evento que começou na quarta-feira, visa mostrar a qualidade dos produtos fabricados na cidade e, consequentemente, gerar vendas durante e depois da exposição, além de divulgar o trabalho dos empresários, atrair novos moveleiros para o arranjo e prospectar novos clientes. 

 

 

Agreste

 

Esta semana três grupos do Arranjo Produtivo Local (APL) Mandioca do Agreste foram contemplados em chamadas públicas da Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) para a aquisição de produtos à base de macaxeira e de hortaliças diversas. Com isso, a Cooperativa dos Produtores Rurais de Arapiraca (Cooperal), a Associação Nossa Senhora da Conceição e a Associação Lagoa do Mato, receberão, ao todo, cerca de R$ 1,8 milhão, beneficiando mais de 230 produtores.