Blog do Dresch

6 de Maio de 2015

Cunha no saco da corrupção

                   Para o Procurador-geral da República, Rodrigo Janot, o presidente da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha (PMDB-RJ) deve ser investigado por sua participação no esquema de corrupção da Petrobrás. Janot encaminhou parecer ao Supremo Tribunal Federal garantindo que “existem elementos muito fortes” para que Cunha seja investigado. O parecer responde ao STF sobre um pedido de arquivamento da investigação solicitado pelo próprio presidente da Câmara. Ao saber do parecer, Eduardo Cunha afirmou que “era uma questão pessoal do Procurador”.

Ele será investigado 2

                   O inquérito aberto no STF contra Eduardo Cunha tem como base os relatos feitos pelo doleiro Youssef na sua delação premiada. Ele garantiu que o atual presidente da Câmara recebeu propina das empresas Samsung e Mitsui em contratos de aluguel de sondas para a Petrobrás. Cunha nega a acusação. Na sua delação, o doleiro afirmou ainda ao Ministério Público Federal, que, em 2011, o político teria pressionado um dos empresários que pagavam propina, através de requerimentos, assinados por outros deputados cobrando explicações das empresas sobre o contrato.

Há sinais de melhora

                   Líder no segmento da petroquímica na América Latina, a Braskem acredita na recuperação da economia brasileira e tem motivos para tanto. Segundo seu presidente, Carlos Fadigas, “já é possível ver sinais de melhora no ambiente econômico nacional”, porém salienta que algumas medidas já sinalizadas pelo governo devem sair do papel para que a retomada da atividade se concretize, disse o executivo em entrevista o jornal Valor Econômico. “Vejo todo mundo buscando uma agenda positiva e uma forma de sairmos da situação atual, que não agrada ninguém e já vem há algum tempo” afirmou Fadigas. Para ele “o segundo semestre do ano passado já foi dominado por discussões a respeito da procura pelo crescimento econômico, e as coisas não melhoraram. Entramos no ano com a perspectiva de ajuste econômico. Então, se ao mesmo tempo eu não vejo sinais objetivos de retomada, eu vejo uma série de lideranças buscando encontrar uma agenda positiva e discutir uma agenda de crescimento e uma forma de evoluirmos”. O dirigente da Braskem disse ainda que o setor químico tem como agendas importantes a garantia de fornecimento de matéria-prima pela Petrobrás a preços competitivos, a divulgação do plano de incentivos a exportações pelo governo e a garantia de crédito para investimentos. Ontem Carlos Fadigas esteve com o governador de Alagoas Renan Filho, na Feira Internacional do Plástico, em São Paulo avaliando a situação do segmento da química e do plástico em Alagoas, do qual a Braskem é a principal fornecedora de insumos para 67 indústrias de transformação do plástico.

 

Plano para educação

                   Até o final deste mês de Maio, Alagoas terá concluído seu Plano Estadual de Educação (PEE) 2015-2025, que reúne as metas e as políticas a serem praticadas na Educação Pública do Estado no próximo decênio. O texto base já foi finalizado e reúne 20 metas para a educação, seguindo a orientação do Plano Nacional sancionado pela Presidente Dilma Rousseff ano passado, seguindo diretrizes como: erradicação do analfabetismo; universalização no atendimento escolar; melhoria da qualidade da educação, promoção da gestão democrática; promoção humanística, científica, cultural e tecnológica do país, entre outras.

Plano para educação 2

                   Estados e municípios tem até o dia 24 de Junho para aprovar os planos estaduais e municipais de educação, Em Alagoas o texto-base agora será submetido à avaliação do Fórum Permanente da Educação do Estado de Alagoas, e logo a seguir serão realizadas consultas públicas junto á sociedade civil, quando os participantes poderão apresentar propostas para incrementar o documento. Até o próximo dia 20 de Maio, seminários serão realizados em Maceió e em Arapiraca, para apresentação do texto á sociedade, para em seguida, em forma de projeto de lei, o texto siga á Assembleia Legislativa.

O valor das parteiras

                   O Dia Mundial das Parteiras (profissão praticamente em extinção) passou quase despercebido ontem, mas não para o Fundo de População das Nações Unidas. A entidade destacou que o trabalho das parteiras pode evitar cerca de dois terços de todas as mortes maternas e entre recém-nascidos registradas no mundo. Além disso, as parteiras também são capazes de oferecer 87% de todos os serviços relacionados à saúde sexual e reprodutiva materna e ao desenvolvimento do recém-nascido. Ainda assim, apenas 42% das pessoas com habilidades para serem parteiras trabalham nos 73 países onde ocorrem 90% das mortes maternas e dos recém-nascidos.

O valor das parteiras 2

                   Desde 2008, o Fundo das Nações Unidas trabalha em parceria com governos e formadores de politicas públicas na tentativa de construir uma força-tarefa de parteiras competentes e bem treinadas para atuar em localidades de baixa renda. O próprio Ministério da Saúde considera o trabalho como fundamental, uma vez que ajuda a desvincular e ideia no parto, centrada no hospital e no médico. O objetivo principal é fazer com que as mulheres entendam que podem parir e que são elas as protagonistas neste momento.

 

  • A Delegacia da Receita Federal em Alagoas assinalou que, neste ano foram entregues no estado 222.384 declarações do Imposto de Renda.
  • Em comparação com o que foi declarado á Receita no ano passado, houve um aumento de 4,6%. Em 2014 a Delegacia recebeu 212.517 declarações, ou 9.867 a menos que em 2015.
  • Para Alagoas a Receita estimava receber cerca de 220 mil documentos, e por isso houve um saldo positivo de 2.384 declarações.
  • Quem perdeu o prazo de entrega ainda pode enviar o documento devidamente preenchido. A diferença, porém, esta no pagamento de uma multa mínima que é de R$ 165,74, ou 1% a 20% sobre o imposto devido.
  • Também é possível elaborar uma declaração retificadora, caso o documento tenha sido encaminhado de forma incompleta.
  • Os contribuintes que terão direito a restituição começam a receber a devolução do imposto pago a mais em 15 de Junho. Pessoas com mais de 60 anos, ou com alguma deficiência física ou mental tem prioridade no recebimento das restituições.