Edmilson Teixeira

18 de Abril de 2015

Viçosa

Equipe técnica do Projeto de Salvaguarda do Patrimônio Imaterial de Alagoas, está  desde ontem em Viçosa na busca de referências culturais imateriais. A equipe que fica até este sábado, conta com 14 pessoas, entre estudantes da UFAL, membros da Secretaria de Estado da Cultura e do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPHAN). O projeto visa elaborar um mapeamento geral das referências culturais dos 102 municípios alagoanos.

 

Porto Real do Colégio

No município de Porto Real do Colégio, jovens agricultores da região do perímetro irrigado Itiúba, gerido pela  Codevasf, estão participando de mais um curso de Tratorista oferecido pelo Projeto “Amanhã”.  É um  iniciativa da própria Codevasf que tem como objetivo inseri-los na área rural no mundo de trabalho. Outras capacitações estão programadas para o transcorrer deste ano, como o curso de Introdução à Informática e o de Piscicultura Básica.

 

Porto Calvo – festa

 

A programação do 4º Festival do Caranguejo neste final de semana é a grande atração na terra de Calabar. A festa gastronômica e cultural ocorre pra valer neste domingo, no povoado Caxangá. A banda Arroxonados fará o lançamento oficial de seu novo DVD. Na gastronomia destacam-se o pastel e a torta do caranguejo.

 

 

Jequiá da Praia

Especialmente neste sábado,  servidores da agência do INSS  em São Miguel dos Campos  vão estar em ação em seus serviços. Isso para  atender  requerimentos do seguro defeso dos pescadores filiados a Colônia de Pescadores de Jequiá da Praia. A previsão é atender 100 pescadores que pescam camarão rosa, branco e espigão em Lagoa Azeda, Poxim e Duas Barras. Como a pesca desses camarões está suspensa até o mês de maio, os pescadores artesanais destas regiões tem direito ao seguro defeso. O auxílio é garantido por lei e pago durante o período em que ficam proibidos de pescar. O valor mensal da parcela é de um salário-mínimo.

Jequiá da Praia- exigência

Para receber o benefício, o pescador deve comprovar a comercialização do pescado, por meio de documento fiscal de venda da produção, ou poderá optar por recolher contribuições previdenciárias, por no mínimo 12 meses ou desde o último defeso. Também deve estar registrado junto ao Ministério da Pesca e Aquicultura, com antecedência mínima de três anos a contar da data de requerimento do benefício. O pescador precisa comprovar que exerceu a atividade de forma exclusiva e ininterrupta.

Piranhas

 

Ontem trabalhadores rurais de Piranhas receberam orientação previdenciária. A oficina foi realizada no Sindicato dos Trabalhadores Rurais do município. Lá estavam representantes dos sindicatos de trabalhadores rurais do município. Eles participam de uma Oficina sobre Benefícios Previdenciários, promovida pela Gerência do INSS em Maceió. O objetivo dessa ação foi o disseminar as informações sobre os benefícios previdenciários para que esses trabalhadores orientem os sindicalizados sobre o tema, facilitando o acesso aos benefícios.

 

 

Outros

 

Com essa oficina que  Oficina, a Gerência do INSS espera melhorar a qualidade dos processos formalizados pelos sindicatos já conveniados e realizar novos convênios, além de estreitar a relação entre essas entidades e as agências do INSS. Esta é a segunda oficina e a última deste mês de abril. A primeira aconteceu em Jequiá da Praia, na segunda-feira. Ainda serão realizadas mais seis oficinas até o mês de junho, nas cidades de Arapiraca, Maceió, Pão de Açúcar, Santana do Ipanema, Murici e Palmeira dos Índios. 

 

Porto Calvo- ação


Na terça-feira, crianças e adolescentes do Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos  rural do município de Porto Calvo tiveram um dia de consciência ambiental às margens da rodovia AL – 105 Norte. Os beneficiários plantaram cerca de 100 mudas de árvores para a recuperação de uma nascente na área de mata atlântica. A ação foi acompanhada pela secretária municipal de Assistência Social, Cleópatra Soares.

 

 

São Miguel dos Campos – Galo


Esta semana  o município implantou o “Projeto CRB Caça Talentos” na modalidade de basquete, tido  já como sucesso na Escola Municipal Mário Soares Palmeira. O projeto iniciou suas atividades reunindo um total de 100 crianças (60 pela manhã e mais 40 pela tarde).

 

São Miguel- pioneirismo

 

A iniciativa é pioneira na cidade, uma vez que, o projeto visa a massificação do basquete, mostrando com isto, a responsabilidade e o compromisso que o CRB tem em expandir sua marca, bem como, promover a descoberta de novos talentos, contribuindo com a formação integral do cidadão, no sentido de ocupar a mente do jovem com algo saudável, evitando assim, a exposição dos alunos às drogas e à violência, reduzindo a vazão escolar e melhorando a disciplina e a cidadania de todos os envolvidos.

 Palmeira – bronca

Esta semana o MPF/AL, por meio da Procuradoria da República em Arapiraca, expediu recomendação à Prefeitura de Palmeira dos Índios e à Secretaria de Educação do Município para que promovam a regularização imediata do transporte escolar destinado à locomoção de alunos indígenas da aldeia Riacho Fundo do Meio às escolas da rede municipal e estadual onde estão matriculados.

Palmeira- ordem

 O órgão ministerial recomenda ainda, a Prefeitura, que não suspenda os serviços de transporte escolar da referida aldeia indígena até que seja viabilizada, junto à Secretaria de Estado da Educação, a construção e implementação da escola indígena no interior da aldeia lá em Palmeira, demanda esta que já se encontra em andamento junto ao MPF.