Blog do Dresch

17 de Abril de 2015

Vazão do S. Francisco reduz abastecimento

                   A redução da vazão do Rio São Francisco pela Chesf (Companhia Hidroelétrica do São Francisco) esta afetando o sistema de abastecimento de água do sertão alagoano, principalmente os beneficiados pela Adutora da Bacia Leiteira. O fato preocupa a Casal, e fez com que o presidente da companhia, Clécio Falcão, fizesse um apelo para que a vazão do rio fosse aumentada para atender a necessidade de milhares de pessoas. O sistema tem funcionado com deficiência, uma vez que parte do sistema de captação, na cidade de Pão de Açúcar, reduziu sua produção em aproximadamente 50%, alertou o dirigente da Casal.

Vazão de rio preocupa 2

                   Devido á deficiência no sistema, 19 municípios sertanejos enfrentam problemas. Para tentar minimizar o problema, a Casal iniciou os trabalhos de rebaixamento das comportas de captação, através de uma empresa especializada, e com vistas a regularizar o abastecimento num prazo de 15 dias. Mesmo assim existe uma necessidade muito grande de aumentar a vazão do Rio, porque em breve o sistema de abastecimento pode ser prejudicado em outros municípios do agreste. A Casal revelou ainda que vai encaminhar á Chesf um pedido de ressarcimento pelos prejuízos causados pela redução da vazão do São Francisco.

População mais pesada

                   O excesso de peso já atinge 52% da população brasileira adulta, sendo que há nove anos a taxa era de 43%, o que representa um aumento de 23% no período. Mas se boa parte da população ficou acima do peso, o índice de obesidade no país ficou estável, segundo a pesquisa Vigilância de Fatores de Risco e Proteção de Doenças Crônicas por Inquérito Telefônico (Vigitel) divulgada pelo Ministério da Saúde. De acordo com os dados, os homens registram os maiores percentuais, uma vez que o índice de excesso de peso na população masculina alcança 56,5% contra 49.1% entre as mulheres. Em relação à idade os jovens respondem pelas melhores taxas, com 38% acima do peso ideal, enquanto que as pessoas entre 45 e 64 anos ultrapassam os 61%. O Ministro da Saúde, Arthur Chioro, avaliou que o aumento do sobrepeso não pode ser desconsiderado, mas destacou a tendência da estabilização da proporção de pessoas com obesidade nos últimos três anos. A estratégia do Ministério inclui também passar dos atuais 17% de obesidade na população adulta, para os 15% aceitáveis pela Organização mundial da Saúde (OMS). Além do avanço do excesso de peso, os indicadores apontam para o maior risco de doenças crônicas entre os brasileiros. Do total de entrevistados, 20% disseram ter diagnóstico médico de colesterol alto. As mulheres registram percentual de 22,2% e os homens 17,6%. Entre os que têm 55 anos ou mais, o índice ultrapassa os 35%.

 

Embaixador gay

                   Desde Janeiro último que as relações entre o governo da França e a Santa Sé estão delicadas, em função da nomeação de um embaixador gay francês para atuar no Vaticano. Esta semana, o governo francês anunciou que vai manter Laurent Stefanini no cargo. O Vaticano não respondeu se vai aceitar o diplomata. “A França escolheu seu embaixador para o Vaticano. Esta escolha foi Stefanini e continua sendo a proposta da França. Estamos esperando a resposta do vaticano, mas a nossa posição não será alterada” afirmou o porta-voz do governo francês esta semana.

Embaixador gay 2

                   A aprovação de Stefanini tem sido vista como um teste ao papa Francisco, que desde o inicio do seu pontificado tem demonstrado posições progressistas sobre a homossexualidade. Mas como o Vaticano responde em até 6 semanas sobre a nomeação de diplomatas e até agora manteve o silêncio, isso pode ser visto como uma recusa. Laurent Stefanini, 55 anos, ocupou o posto de vice-embaixador entre 2001 e 2005. Diplomata com ampla experiência, Stefanini já foi descrito pelo Ministério das Relações exteriores da França como “um de nossos melhores diplomatas”.

Centro de células-tronco

                   Reinaugurado esta semana na Ilha do Fundão, no Rio de janeiro, o maior centro de armazenamento de amostras biológicas e de manipulação de células da América Latina. A obra de ampliação durou 14 meses, e o laboratório da empresa Cryopraxis, que atua na pesquisa e armazenamento de células do cordão umbilical, anunciou que vai ser capaz de reservar 10% das amostras disponíveis em seu banco de sangue para famílias carentes. A empresa investiu R$ 5 milhões na área instalada do laboratório e dobrou a capacidade de armazenamento, chegando a 80 mil amostras de sangue coletadas em todo país.

Centro de células-tronco 2

                   O laboratório da Cryopraxis armazena células de doadores, com histórico de doenças genéticas como leucemia, recolhidas no momento do parto, para que no futuro, caso a doença se manifeste, a pessoa possa ser tratada com suas próprias células, sem necessidade de procurar doador compatível, de fazer um transplante, e com chances de 100% de cura. Com a ampliação do laboratório foi criado o “armazenamento social”, sendo que a partir de Maio próximo, famílias pobres com histórico genético de leucemia no Rio de Janeiro e em São Paulo terão acesso gratuito ao armazenamento de células-tronco do sangue do cordão umbilical para uso particular.

 

  • A aprovação por unanimidade em primeiro turno, da Proposta de Emenda à Constituição (PEC) sobre a distribuição do ICMS do comércio eletrônico, agradou ao governador de Alagoas, Renan Filho.
  • Essa discussão não é nova, mas ao que tudo indica, caminha agora para uma solução, e pela primeira aprovação deve beneficiar os estados mais pobres.
  • “Essa medida aumenta a arrecadação dos estados mais pobres, e diminui a arrecadação dos estados mais ricos” avaliou o governador em uma rede social.
  • Com a cobrança do ICMS beneficiando o estado do destino da mercadoria e não da origem, Alagoas começará a receber em 2016, 40% de tudo que os alagoanos comprarem através da internet.
  • A perspectiva do governador Renan Filho é que o percentual de aumento progressivamente, chegando a 60% em 2017, passando para 89% em 2018 e alcançando 100% do valor do ICMS nas compras do comércio eletrônico em 2019.