Flávio Gomes

9 de Abril de 2015

Os interesses e as paixões

De Liszt Vieira, professor da PUC-Rio, em “O Globo”: “… Uma das grandes conquistas da democracia é que ninguém pode ser condenado sem provas, baseado apenas em hipóteses, conjecturas e especulações. Mas este princípio irredutível às vezes é ignorado no discurso articulado com argumentos provenientes diretamente das paixões e dos interesses. Um bom exemplo disso é ver a esquerda tradicional defender a Petrobras sem criticar a corrupção que a corrói por dentro, e a direita pedir impeachment sem provas, com base apenas em conjecturas, expressão direta de seus interesses. Enquanto uns ignoram a corrupção no governo que apoiam, outros fingem acreditar que a corrupção só existiu no atual governo. Não apenas a corrupção é um traço de união entre o atual governo e a oposição, já que ela existia quando a atual oposição era governo. Há muitas outras semelhanças. A atual política econômica, por exemplo, é comum a ambos. O que mais incomoda na atual política de ajuste fiscal é que os sacrifícios são impostos apenas ao ‘andar de baixo’. Não se pede nenhum sacrifício ao setor financeiro, por exemplo… Mas a pré-condição de uma justiça social e econômica é uma reforma política que elimine o financiamento de campanhas eleitorais por empresas. Necessitamos de uma nova ética política que nos poupe do espetáculo degradante de ver políticos de todos os partidos financiados por meia dúzia de empreiteiras…”

Bastidores

Comentário na plateia da reunião com o setor do turismo, anteontem, mas que não chegou aos ouvidos de Renan Filho: há quem ache que não está dando certo fundir a secretaria do Turismo com a do Desenvolvimento Econômico, nem a incorporação do Planejamento à Gestão Pública. Mas ninguém ousou transmitir isso ao governador.

Nova forma

Está praticamente consolidada a fusão do DEM e do PTB. Em Alagoas, o novo partido reunirá históricos adversários políticos: José Thomaz Nonô (DEM), que foi deputado e vice-governador, e o senador Fernando Collor de Mello (PTB), presidentes das suas respectivas legendas no Estado. Prevalecerá, na composição, a denominação PTB.

No páreo

Pessoas próximas a Fernando Collor dão a entender que ele pode concorrer ao governo, em 2018. Está ocorrendo a mesma coisa do final de 2012, quando o senador do PTB deixando dúvida se seria candidato à reeleição ou ao governo. Ao final, fez a opção mais viável. Ele manterá o suspense até lá. Até porque não terá nada a perder.

Fênix

Ex-vereador, ex-deputado estadual e ex-deputado federal, o desportista Euclydes Mello ressurgiu no cenário alagoano esta semana, em duas situações distintas: em reunião da bancada federal de Alagoas, representou o senador Fernando Collor, de quem é primo e já foi suplente; como desportista, andou palpitando em favor do CSA, que já presidiu.

Respaldo

A relutância da presidente Dilma Rousseff em se decidir pela manutenção ou não de Vinícius Lages no Ministério do Turismo tem algo mais a ver, além da política. É que, pelo excelente trabalho que Vinícius realiza na pasta, empresários e entidades de classe do trade turístico nacional têm pedido à presidente da República que ele fique.

Poder

Em entrevista ao IG, o senador Renan Calheiros considera “demonstração de ousadia” de Dilma Rousseff a indicação do seu vice, Michel Temer, para tratar com a classe política: “Denota que ela está querendo dar uma virada”. O PMDB, que além do vice tem os presidentes da Câmara e do Senado, agora é quem manda no governo do PT.

Acredite…

De Eduardo Cunha, presidente da Câmara dos Deputados, sobre a transferência para Michel Temer da articulação política do governo: “Não considero isso como nomeação de ministros, é apenas uma delegação de função. A Câmara vai continuar tratando a independência como deve ser tratada. Não vai alterar absolutamente nada.”

 

* O CREA/AL realiza hoje, às 18h30m, em sua sede, o painel de debates “A história da Engenharia em Alagoas a partir dos anos 50”, com os professores e engenheiros Fernando Gama, Vinícius Maia Nobre e Rostand Lanverly. Contato: 2123.0852. 

*De hoje a 19 de abril dois mil pontos de venda participam da promoção Liquida Geral Maceió. R$ 30 reais em compras dão direito a cupom para concorrer a dois carros, 18 geladeiras e 18 TVs. No Maceió Shopping, a expectativa é de aumento de 10 a 12% nas vendas.

*A Confederação Nacional do Turismo e o Sebrae promovem, a partir deste mês, uma capacitação para empresários dos Arranjos Produtivos Locais Turismo Caminhos do São Francisco e Turismo Costa dos Corais. Participarão 60 empresas.

*O período de inscrições do projeto “Teatro Deodoro é o Maior Barato” vai até 30 de abril. Interessados devem se dirigir ao Complexo Teatro Deodoro. A seleção será feita até 15 de maio. Informações: www.teatrodeodoro.al.gov.br / 3315.5665/5664.

*A secretaria estadual da Educação oferece cursos preparatórios para o ENEM em Redação, Língua Inglesa e Matemática Instrumental a alunos do ensino médio da rede pública. Inscrições, hoje e amanhã, no Cecite, das 9 às 11h30m e das 14 às 16 horas.

*A secretaria estadual da Cultura abriu edital de inscrição para o Livro de Registro do Patrimônio Vivo do Estado de Alagoas, com quatro vagas.  Interessados devem se inscrever através de um formulário padrão no endereço www.cultural.al.gov.br.

*Passados os confrontos, dentro e fora de campo, entre CRB e CSA, é preciso se encontrar um jeito de normalizar a presença dos torcedores nos estádios. Como medida preventiva, fazer os jogos de portões fechados é mais justo do que apenas uma torcida ter direito ao acesso.

 

“O PT vai melhorar muito.”

Rolf Kuntz

Jornalista, comentando frase de Frei Betto, de que o PT tende a se transformar num arremedo do PMDB