Edmilson Teixeira

8 de Abril de 2015

Consórcio que deu certo

0ntem foi comemorado o dia mundial da saúde. Em avaliação geral, a saúde dos alagoanos está frágil, falta tudo, de profissionais a equipamentos. Para tentar mudar essa realidade, 13 municípios da região sul de Alagoas se uniram e criaram um consórcio público, órgão vinculado à Prefeitura que gerencia projetos, como a compra compartilhada de medicamentos e regulação dos serviços de saúde.  Em pouco mais de um ano funcionando, o Consórcio disponibiliza mais de 220 tipos de medicamentos da atenção básica, além de 179 itens de correlatos (luvas, equipamentos para procedimentos em geral) e mais de 350 itens da saúde bucal.

 

Consórcio – diferença

 

Para se ter uma ideia da redução de custos, o captopril, medicamento mais usado para combate a hipertensão, custa em média R$0,3 centavos, pelo consórcio o mesmo remédio custa a metade do preço. A economia pode parecer pequena, mas se somada aos valores globais dos pedidos de todos os itens da assistência farmacêutica ultrapassa os 50% de redução. “Se antes a prefeitura de Penedo gastava R$600 mil a cada trimestre, hoje os mesmos medicamentos custam R$300 mil”, reforça o prefeito de Penedo, Március Beltrão, que também é presidente do Consórcio.

 

Consórcio – logística

Outra vantagem na compra compartilhada está o compromisso na entrega dos itens. “Fornecedores chegavam a receber o dinheiro, mesmo assim não faziam as entregas. Hoje, como estão passiveis de multa, temos um percentual de 90% na taxa de entrega”, reforça a prefeita de Campo Alegre, Pauline Pereira. Outra estratégia de enfrentamento as crises vividas pelas prefeituras com a queda nos repasses do FPM e demais recursos federais, é a regulação de serviços de média e alta complexidade. Em dez meses funcionando, o Consórcio já realizou mais de dez mil consultas especializadas, cerca de 60 mil exames, acabando com as filas de espera nos municípios consorciados.

 

 

Em destaque

 

Dois projetos envolvendo Arranjos Produtivos Locais (APLs) de Alagoas serão contemplados este ano, com linhas de financiamento dentro de um edital do Banco do Nordeste. É que  os projetos Pescadores de Mel, do APL Apicultura Litoral e Lagoas, e Babylon Garden, de um empreendimento ligado ao APL Móveis de Maceió em Entorno terão novos recursos para investimento.

 

Santa Luzia do Norte

 

Há mais de um ano que os servidores públicos do município  estão  tendo a cobertura  de seus direitos à insalubridades nos contracheques. É que o prefeito João Pereira (PT) assinou o Decreto Nº 002/2014 – à época – para garantir que os trabalhadores tivessem direito ao que determina a Lei Federal. Decreto entrou em  janeiro do ano passado. Os  garis, por exemplo, obtiveram grau máximo com 40%.

  

Viçosa


Membros da Secretaria de Educação  participaram, na ultima semana, da abertura do Projeto de Formação de Rede de Multiplicadores, promovida pela ONG O Consolador e a Petrobrás. O Projeto visa capacitar profissionais da educação para transmitirem de forma lúdica alguns conhecimentos referentes ao Esporte Educacional. O evento que aconteceu em Maceió, contou  com a participação de representantes de 13 municípios alagoanos. No lançamento foi definido que, durante a capacitação, cada cidade seria inserida em um segmento, Viçosa ficou com o de Educação Física.

 

Viçosa – cultura

 

Entre os dias 17 e 23 deste mês, a Prefeitura realiza o Projeto Abril Cultural, com ações voltadas para a Cultura e a Agricultura do município. Um dos parceiros no projeto é o Sebrae, que ofertará cursos para pequenos e médios empresários que trabalham com turismo. A proposta é fortalecer e estruturar a área em Viçosa, já que a cidade tem um grande potencial turístico.

Infância

A experiência do Ministério do Turismo à frente da campanha de proteção à infância durante a Copa do Mundo foi relatada ontem, durante o III Encontro dos Municípios com o Desenvolvimento Sustentável, em Brasília. O evento, realizado pela Frente Nacional dos Prefeitos, tem o intuito de mobilizar gestores públicos na construção de agendas propositivas em torno da sustentabilidade de cada cidade brasileira.

Penedo – ronco

Tudo pronto para mais uma edição do Penedo Moto Fest!  O evento que acontece neste final de semana vai de sexta a domingo, prometendo reunir ainda mais pessoas apaixonadas por aventura em duas rodas, oriundas de quase todo Brasil. Shows musicais com bandas de forró irão abrir a primeira noite do evento, a partir das 20hrs, no campo do Sinimbu, na orla ribeirinha. No domingo, a cidade comemora seu aniversário de 379 anos.

Penedo – festa

Na realidade, esses  379 anos  correspondem a elevação do até então povoado à condição de Vila e como não poderia deixar de ser uma programação especial deverá movimentar a cidade durante todo o dia.  Depois de uma vasta programação cívica, às 11 horas, as bandas Duque do Arrocha e Arerê é Massa vão se apresentar no palco montado no campo do Sinimbú. Mas não para por aí! Já na parte da tarde, a partir das 17 horas, acontecerá o projeto itinerante de cinema na Praça 12 de Abril, situada na Orla fluvial da cidade.

 

 

União dos Palmares

Na segunda-feira, o reitor do Instituto Federal de Alagoas – Ifal, Sérgio Teixeira Costa, esteve  em União dos Palmares, a fim de assinar uma retificação na escritura de doação do terreno para construção do Campus no município. O terreno doado pela Prefeitura  tem cerca de cinco mil metros quadrados e está localizado próximo a BR-104, ao lado do Fórum da Justiça Federal e das obras do Campus V da Universidade Estadual de Alagoas – Uneal.

Segundo o secretário geral de Administração, Francisco Viana, a mudança na escritura original de doação se deu pelo fato de ter havido uma pequena mudança na localização do terreno, já que ao lado está sendo construída a Uneal.

 

 

Porto Real

Foi na manhã da última segunda-feira, que policiais da Delegacia de Repressão ao Narcotráfico (DRN), Deic e do Batalhão de Operações Policiais Especiais (Bope), em parceria com a Superintendência de Inteligência da Defesa Social apreenderam cerca de 50kg de entorpecentes que vinha de São Paulo para Maceió. A apreensão aconteceu nas imediações do município de Porto Real do Colégio.

 

 

Inhapi

Um desentendimento entre a cabeleireira Cida Mello e o padre Clovis Rodrigues, ambos da cidade de Inhapi, por pouco não foi parar na delegacia, na manhã de segunda-feira. Os entulhos de uma pequena obra que a profissional realizou em seu salão de beleza e que tinham sido colocados em uma rua, ao lado do prédio paroquial, foi o motivo da confusão. Invocado o pároco teria pego o lixo e jogado em frente ao estabelecimento da cabeleira. A atitude do sacerdote deixou a mulher revoltada e até houve uma discussão entre os dois.