Flávio Gomes

7 de Abril de 2015

Proposta equivocada

De Ibaneis Rocha, presidente da OAB/DF: “… Antes de querer encarcerar jovens a partir dos 16 anos devemos nos questionar se a estratégia adianta, se surtirá efeito jogar nos presídios – ou nas masmorras em que foram transformadas as prisões – brasileiros jovens que se desviaram do caminho correto. É claro que não. Os jovens serão cooptados mais brevemente para as verdadeiras escolas do crime, que estão dentro das penitenciárias. Antes de discutir isso, devemos achar a saída para a ineficiência do Estado. Primeiro, é preciso uma Polícia atuante e civilizada, que proteja de forma correta a população e reprima a violência na dose certa. Em segundo lugar, um Judiciário que dê respostas em tempo razoável, sem que os processos se arrastem por anos sem qualquer solução. E, para completar, é necessário trabalhar de verdade a ressocialização, que não existe hoje nos presídios que se comparam, muitas vezes, a câmaras de tortura e assassinato… Ainda que não sejamos teoricamente contrários à redução para 16 anos, já que os jovens podem votar e exercer uma série de direitos civis a partir dessa idade, é necessário dar alguns passos antes de acatar o problema sem querer trabalhar em suas causas. A hora é de receitar os medicamentos corretos, ainda que o tratamento seja de longo prazo, para não matar o paciente.”

 

Na planície

Téo Vilela foi visto na Livraria Cultura, do Parque Shopping Maceió, no início da noite de Sexta Feira da Paixão, fazendo uma das coisas que mais gosta da vida: passeando com Maria, sua filha mais nova. Sorridente e tranquilo, o ex-governador foi muito cumprimentado. E desconversava quando indagavam sobre seu futuro político.

 

Estilo Amaral

Do secretário de Defesa Social, Alfredo Gaspar de Mendonça Neto, a Fernando Valões, na Rádio Cidade, de Santana do Ipanema: “Bandido em Alagoas tem dois caminhos: ou se entrega ou morre” e “Prefiro um milhão de bandidos mortos do que um policial em Alagoas assassinado”. O assunto “bombou” no blog de Bernardino Souto Maior.

 

Compromisso

O governador Renan Filho tem feito reuniões específicas com o setor produtivo. Hoje é a vez do Turismo, a partir das 10 horas, no Ritz Lagoa da Anta. Uma das reivindicações do setor é a duplicação da AL 101 Norte, pelo menos no trecho Maceió-Barra de Santo Antônio, uma das promessas assumidas em campanha pelo hoje governador.

 

Abuso

Quando governador, Ronaldo Lessa foi criticado por adversários pelo uso excessivo, ou em situações bem discutíveis, de helicóptero oficial. Teotonio Vilela Filho o sucedeu e, mais que helicópteros, fez muito uso de jatinhos fretados. O mesmo se repete com Renan Filho no governo, apesar do aperto financeiro imposto a outros setores.

 

Esfinge

Do jornalista Ilimar Franco, em “O Globo”: “Diz-se, no PMDB, que é difícil saber o que quer o presidente do Senado, Renan Calheiros. Afirmam que nem sempre ele faz o que diz. Contam que, em 2005, disse que iria a Lula articular por Michel Temer e defendeu Aldo Rebelo para suceder Severino Cavalcanti na presidência da Câmara.”

 

Conveniência

A OAB nacional, que subscreveu o pedido de impeachment de Fernando Collor, quando o alagoano Marcelo Lavenère presidia a entidade, está calada diante das falcatruas na Petrobras e outros malfeitos governistas. Seu presidente, Vinícius Furtado Coelho, é candidato a uma vaga no STF. Com aval de Renan e simpatia de Dilma Rousseff.

 

Otimista

Aloizio Mercadante, chefe da Casa Civil, sobre pesquisa Ibope que registra nova queda da aprovação de Dilma: “O governo tem de ter humildade e trabalho, trabalho e trabalho. Nosso compromisso é para quatro anos, e três meses de governo é apenas o início de um processo. Portanto, a fotografia não é boa, mas o filme vai ser muito bom.”

 

*  Foi sepultado ontem, no Parque das Flores, o juiz de Direito aposentado Eduardo Laranjeiras, aos 84 anos, considerado um dos mais sérios integrantes da magistratura alagoana. Era irmão, dentre outros, do desportista e político aposentado Walter Larangeiras, o Toroca.

 

*  A empresa italiana de call center Almaviva recebe, até hoje, inscrições para uma das mil vagas de telemarketing de que dispõe. Interessados podem procurar o Sine da Prefeitura de Maceió e se cadastrar. Informações: 0800 082 6205 ou 3315.6205.

 

*  O Fórum Alagoano em Defesa do SUS e Contra Privatização realiza hoje o Ato do Dia Mundial da Saúde, com programação confirmada para a partir das 9 horas. Em Maceió, a concentração será em frente à Secretaria Municipal de Saúde.

 

*  A Ufal promove hoje uma programação especial dedicada ao Dia Mundial da Saúde. O evento é gratuito, aberto a toda a comunidade acadêmica. Às 9 horas, na Praça da Paz, ao lado do antigo Restaurante Universitário, no Campus A.C. Simões.

 

*  Estão abertas as inscrições para o 1° Congresso de Inovação Pedagógica, de 18 a 22 de maio, no Campus Ufal Arapiraca, destinado a estudantes e profissionais da área da educação.  Informações: 9191.1108 / 9822.0044 ou ciparufal@gmail.com.

 

*  O clássico de domingo passado (CRB 2×1 CSA) reafirmou que, em qualquer situação, é, como diz Arivaldo Maia, o “principal produto do futebol alagoano”. Nada justifica que tenhamos outro, na mesma competição, quatro dias depois, como o de amanhã.

 

*  De lamentável, sobre o chamado Clássico das Multidões, a corja que entra no estádio travestida de torcedor de futebol e que, na verdade, vai mesmo é para se drogar e provocar confusão. Há os que acham pouco e praticam vandalismo na saída do estádio.

 

“Nada mais patético do que petistas que participaram conosco do impeachment de Collor falarem de terceiro turno e golpismo”

Roberto Freire

Deputado federal do PPS/SP e presidente nacional do partido